sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Debate: O que você acha da política nas igrejas? Opine!

 
Dê sua opinião... hoje o post quem faz é você! COMENTE!!!!!!!!

20 comentários:

  1. eaiii pr marcio, sou o irmão do Everson, cara eu trabalho em prefeitura e sei mais ou menos o q eh isso, na minha opinião a politica eh algo necessário pra organização de uma cidade e de um país, tem certos politicos que fazem tudo errado, mas há outros que tentam fazer as coisas da forma certa, eh soh procurar esses ai e dar uma ajuda pra eles.

    ResponderExcluir
  2. Devemos respeitar nossos governantes e procurar viver em paz com eles, mas misturar uma coisa com a outra não.
    Politicagem, subir em palanque eleitoral, defender candidato... isso tem que ficar fora das igrejas.
    Nosso foco é outro.

    ResponderExcluir
  3. Olha, quando leio que Jesus disse "dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus" consigo entender que a política não se mistura com a Igreja.
    Eu não consigo imaginar o real motivo pelo qual um pastor "escanteia" seu chamado em troca de um cargo político. Também não consigo imaginar Deus vendo um homem se licenciando do sacerdócio para ganhar mais dinheiro e até se envolver em mutreta.

    A realidade é que o evangelho tem sido ridicularizado e o Espírito Santo tem chorado como nunca.

    Tem crente apoiando comunista, apoiando gente que aprova leis em favor do homossexualismo e aborto. Tem até crente a favor do aborto, inclusive pastores !!!

    Tem denominação com candidato a presidente da república, no entanto vão apoiar a outra pessoa.

    A pergunta que fiz pra um amigo meu:

    "Se os hebreus tivessem direito a voto para escolher seu rei, será que escolheriam um filisteu?"

    ResponderExcluir
  4. "Se os hebreus tivessem direito a voto para escolher seu rei, será que escolheriam um filisteu?"

    Esta é "A" frase!
    Certíssimo Amilton!

    ResponderExcluir
  5. Religiosos trabalham contra eleição de candidatos do PT http://renovoblog.blogspot.com/2010/09/religiosos-trabalham-contra-eleicao-de.html

    ResponderExcluir
  6. É uma frase simples, mas eu penso assim:
    Púlpito é púlpito. Palanque é palanque. Já imaginou alguém pregando num palanque? Seria estranho, não? Acredito que a igreja como instituiçao, tem q agir e se posicionar politicamente e não buscar seus próprios interesses

    ResponderExcluir
  7. Eles escolheram o pior hebreu que poderiam escolher SAUL.

    ResponderExcluir
  8. Cristão não deve se misturar com Política, nunca deu certo essa mistura. veja mais aqui. http://bit.ly/9LywPS

    ResponderExcluir
  9. Amigos,

    o Junior escreveu um artigo sobre "Eleições, Aborto e PT".

    Acessem http://acarlosjunior.blogspot.com/2010/09/eleicoes-aborto-e-pt.html e comentem.

    Quaisquer dúvidas, estamos à disposição.

    ResponderExcluir
  10. Mas Pastor Márcio, quem escolheu SAUL foi o povo?
    Penso que foi Deus, não?
    Não tinha eleição naquela época =P

    Talvez eles até tivessem escolhido muito mal, afinal quando sairam do Egito eles cogitaram de voltar pra lá, mas neste caso não foram eles que escolheram.

    ResponderExcluir
  11. Veja a passagem bíblica... lá diz que o povo lançou sortes e Saul foi escolhido. Deus havia escolhido Davi desde o início.

    ResponderExcluir
  12. E foi na sorte?
    Foi pior do que voto inconsciente então! =P
    Valeu, Pastor!!! =)

    ResponderExcluir
  13. Acorda igreja! Ainda tens uma chance!

    Estamos próximos de mais um pleito eleitoral, e como bom cidadãos acompanhamos a euforia dos canditados, no intuíto de entender o que podem oferecer-nos como futuros representantes públicos.

    Muitas campanhas, promessas, embates, críticas, debates e notícias e mais notícias sobre os canditados.

    Leia no Blog http://consistenciacrista.blogspot.com/

    Que Deus continue usando-o na Blogosfera!

    Ezequias Anacleto

    ResponderExcluir
  14. A "igreja" se vendeu para os políticos, na maioria das vezes por privilégios e concessões de tv. É lamentavel, mais faz parte do que Jesus disse que ia acontecer nos últimos dias.

    ResponderExcluir
  15. Acho terrivelmente equivocada e completamente errada uma igreja que usa suas dependências, estrutura, para favorecer ou desfavorecer esse ou aquele politico/partido. Ou seja, acho errado usar o pulpito para coagir as pessoas a favor de voto, ou o contrário.

    Porem, somos participantes de uma sociedade e por conta disso a vontade em fazer o melhor num momento decisivo como o de eleição, deve sim fazer parte dos interesses de uma igreja.

    Debates afim de esclarecer e mostrar, historicamente, o que cada politico/partido representou e fez por nosso país deve ser de interesse de todos e não vejo erro se isso acontecer, por exemplo, na Escola Biblica dominical ou em reuniões específicas sobre o assunto...tendo como intuito a informação. E nós como cristãos pensantes devemos procurar saber mais e mais sobre os que governarão nossas cidades, estados e nosso país.

    E creio que não há melhor forma de buscar esse entendimento senão junto a pessoas com principios cristãos, que procuram acima de tudo, o discernimento espiritual para tomarem decisões tão importantes como esta.

    ResponderExcluir
  16. para mim e como alcool e direçãoOO!!!!

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Gente!

    Eu particularmente, acho errado dizer que "Cristão não deve se misturar com Política"

    Devemos nos misturar sim, saber o que vai acontecer com a nossa nação, saber quem vai governar, e quais são os ideias. É certo pra um cristão votar em quem vai legalizar o aborto?
    É necessário que tenhamos consiência, não só nós cristãos mas todos, precisamos votar conscientes.

    Não acho certo uma igreja "favorecer ou desfavorecer esse ou aquele politico/partido". Mas considero dever da igreja aletar o seu povo, para um voto consciente. Não digo alertar :"vote consciente, vote zezinho crente!"
    Digo : Pensem e reflitam na Palavra de Deus, orem à Ele, e peçam direção para o seu voto, como fazem em todos os seus atos.

    é dever da igreja orientar o seu povo em todos os seus passos.

    ResponderExcluir
  18. É importante e deve ser feito com responsabilidade e equilíbrio.A omissão nunca será a saída pra quem quer fazer mudança, se como Igreja queremos mudar a sociedade tem que ser antes de mais nada mostrando a cara e permanecendo firme aos princípios Bíblicos honrando a Cristo em tudo!

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Como disse um Pastor aqui em Fortaleza-Ce!

    "Me pediram um espaço na igreja para falar das eleições, mais quero deixar claro que o Unico que tem espaço aqui é Jesus, e nenhum outro vai ter".

    Acho que isso explicou muita coisa para mim, não que eu estou dizendo que os cristões seja displicente e reveja os candidatos que estão nas Eleições, mais que acho que não devemos misturar as coisas, sabemos que no governo há muita corrupção, eu acho que não devemos contaminar a igreja também! Por isso finalizo com uma pergunta? Falar de Eleições dentro do templo [igreja], vai ou salvou quantas pessoas?

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.