quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

O discipulado verdadeiro conduz à liberdade.




As vezes ensinamos coisas que a gente nem acredita. Precisamos nos libertar da Teologia da punição, a qual apresenta um Deus castigador que está às 24 horas nos punindo… Esse Deus não existe na proposta de Jesus. A proposta de Jesus é “Conhecereis a verdade e ela vos libertará.” (Jo. 8:32). “As minhas ovelhas ouvem a minha voz: eu as conheço e elas me seguem.” (Jo. 10:27). O aprendiz busca espelhar-se no Mestre. “O discípulo não está acima do seu mestre; todo aquele, porém, que for perfeito será como o seu mestre.”(Lc.6:40).


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O estranho efeito da dor.

Andando de carro nas proximidades da minha casa, percebi uma movimentação diferente na comunidade localizada por ali. Pensei: “Incursão da polícia, mataram alguém”. Isso já seria péssimo, porque mostraria mais uma das facetas da dor que não pretendo retratar agora. Mas mesmo assim, prossegui até chegar bem próximo a cena. 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Misticismo combina com fé?





Conversando ontem com meu brother Israel Saraiva comecei a refletir em algo que ele disse que tem muito a dizer em dias de sequidão espiritual. Ele disse "Não há como retirar o elemento místico da fé". 


Bem, eu concordo plenamente com ele! Primeiro porque Deus não é um ser mítico, mas místico no sentido de que a inteligência humana tem dificuldade de explicá-lo. 

Segundo que a fé cristã no Brasil sofre sim influencia de outras religiões, inclusive as de cunho afro-brasileiros, o que torna esse lado "místico" uma peculiaridade da fé cristã tupiniquim compartilhada talvez apenas pelo cristianismo africano e caribenho. 

Terceiro, porque é impossível ser contemporanista ou cessacionista sem entender que Deus é atuante, portanto transcendente, portanto místico agindo através de pessoas ou diretamente sem intervenção humana. Bem, sendo assim, penso que qualquer tentativa de sobrepor o Jesus histórico ao Cristo da fé esbarrará dentre outras coisas no elemento místico. ‪#‎elementomístico‬ ‪#‎cristianismobrasileiro‬

E no mais, tudo na mais santa paz!

sábado, 18 de abril de 2015

O que é a vida?


A vida é curiosa, na maior parte do tempo a grande maioria das pessoas está empenhada em ganhar a vida e quando nos damos conta ela se foi. Ouço pessoas falando sobre uma imensa felicidade e sobre uma vida quase perfeita ou mais que perfeita. Mas até onde consigo ver, a vida é mais angústia e insegurança do que serenidade e certezas. Ela é um conjunto de experiências comportamentais e sentimentos confusos e difusos. 

Enfim, acho que deve ser a minha forma particular de enxergar a existência, a maioria das pessoas deve mesmo viver nesse campo de margaridas ensolarado que existe nos comerciais de margarina. Bem, só devaneando!

E no mais, tudo na mais santa paz!