quinta-feira, 12 de agosto de 2010

É anti-biblico sair de casa antes do casamento?


Pergunta:
Pr. Márcio graça e paz, eu tenho 23 anos faço jornalismo e trabalho numa na área administrativa de uma empresa de informática, sou cristã desde os 13 anos e não tenho namorado.
A minha dúvida é a seguinte: Desde que entrei na adolescencia sempre tive muitos problemas de relacionamento com minha mãe e o marido dela, nunca tive contato com meu pai biologico, sempre as pessoas me diziam que com o tempo os problemas de relacionamento iriam minimizar, pois é os anos foram passando e os problemas continuaram, tentamos manter um relacionamento saudavel mas nossas personalidades são totalmente distitintas e pensamentos tbm, minha mãe e eu conversamos achamos uma boa ideia que eu me mudasse para um apartamento pequeno próximo a casa dela ou proximo a minha faculdade, porém tenho enfrentado opiniões sobre o assunto, as pessoas acham que eu como uma mulher solteira mesmo com condiçoes de me sustentar não posso sair de casa por ser anti-biblico? é anti-biblico sair de casa antes do casamento?

__________________________________________________________________

Resposta:
Minha querida!!!!!!!
Fica calma!

Ninguém tem o direito de arbitrar sua vida. Que mania essa que as pessoas tem de inventar versículo bíblico. Não há nada na Bíblia que impeça você de ir viver sua vida e minimizar seus problemas. Ainda mais de comum acordo com sua mãe. Se você tem condições de sair e se manter fora, seja feliz assim. Agora preciso pontuar algumas coisas pra você clarear as idéias. Primeiro, morar sozinha implica em responsabilidade dobrada. Na sua casa atualmente você tem limites, tem hora pra chegar, hora pra fazer as coisas e precisa respeitar o espaço de sua mãe. Sei que você é uma menina responsável, mas vigiar nunca é demais! Estabeleça limites em sua nova casa também. A tentação é gigante quando se mora sozinha. Os homens já pensam de forma complicada quanto a postura independente de uma mulher. Meu conselho é que você evite ficar só com um homem seja namorado ou não na sua casa, faça de sua casa seu santuário, seu cantinho, lugar de paz e não de aborrecimentos futuros. Se você estabelecer isso, creio que sua migração do ninho pra uma vida independente vai acontecer tranquilamente. Quanto a seu pai biológico, isso te angustia muito? Se angustia, procure conhecê-lo, isso pode te trazer alívio.

Abração
Pastor Márcio de Souza

3 comentários:

  1. q legal, essa era uma dúvida minha também!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Que bacana... Isso sanou minha dúvida.
    Mas, eu passo por um questionamento parecido. Também sou cristão, moro com meus pais e há muito tempo tento estabelecer uma pacificidade entre mim, meus pais e um irmão mais velho, porém sem tanta responsabilidade; nós nos damos bem na medido do respeito, mas me sinto privado muita das vezes em diversas circunstancias, principalmente porque eu estudo Direito e busco ser jurídico e politicamente correto quase sempre, e a família nem sempre entende. Então pensei há algum tempo em alugar uma casa perto da faculdade, pra ter mais privacidade, mais força de opinião e principalmente pra poder estudar melhor e com amigos. Meus pais aprovaram a escolha. Contudo, vem o problema, meu líder religioso disse que isso é uma quebra de principio bíblico e que pode acarretar em algum tipo de maldição ou legalidade espiritual, e decretou com autoridade sacerdotal que não aceita esse tipo de escolha entre os solteiros da igreja, e teve como base o texto: "Deixará o homem pai e mãe e unir-se-á à sua mulher", e, " honra teu pai e tua mãe para que teus dias se prolongue na terra" ... Então, fiquei nessa dúvida, mesmo sabendo que a bíblia não proibe, meu líder é um homem muito integro e que tem realmente uma unção espiritual... Vou ou fico? Um decreto sacerdotal pode implicar em minha vida?

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.