domingo, 29 de novembro de 2009

Comunidade excludente X comunidade acolhedora

Marcas de uma comunidade excludente: Lev 21:21
  • Deus havia deixado uma determinação na lei que dizia que nenhum sacerdote defeituoso poderia prestar oferta diante do altar. Essa determinação se dá para que o padrão de pureza de Deus é a perfeição total, então, se algum homem deseja levar outro a Deus esse precisa ser perfeito senão havia ali uma contradição. Como alguém defeituoso pode ter contato com alguém perfeito?
  • Eis aí a raiz do pecado farisaico: Eles se achavam perfeitos. Pra fazer parte do partido fariseu era preciso ser perfeito.
  • Uma das marcas de uma comunidade excludente é a triagem de membros. Há uma seleção para que você possa fazer parte do nosso clã. Há uma sabatina pra carregar o nosso nome.
  • Outra marca é o medo das aberrações: Gente que matou, que roubou, que se prostituiu ou que não anda segundo o nosso padrão não é digna de nossa companhia.
  • Gente que não nasceu no mesmo berço que eu ou não comunga do que eu acho ser ideal não está certa e não pode ter comunhão comigo.
  • Perceba que os fariseus extremaram ainda mais as leis e colocaram algumas imposições ainda mais em voga no cenário de Israel. NÃO VISITE GENTIOS; NÃO JANTE COM PECADORES; NÃO TRABALHE NO SÁBADO; LAVE AS MÃOS SETE VEZES ANTES DE COMER.
  • Qualquer um que fizesse essas coisas era considerado esquisito e estaria excluído da comunidade dos fariseus sumariamente.
Hoje nós vivemos a mesma realidade dos fariseus só que em outra esfera:
  • Se você não for batizado não pode tomar a ceia.
  • Se não for casado não pode batizar;
  • Se tiver unhas pintadas de preto não pode batizar
  • Se tiver vindo da macumba tem que entrar em quarentena antes de se misturar a outras pessoas.
Essas são marcas da Igreja de hoje. Um evangelho excludente.

Agora vejamos o que seria uma comunidade acolhedora:

· É a comunidade onde Jesus é o centro, onde a bíblia é considerada inerrante e onde as pessoas exercitam o amor.
· É a comunidade que batalha pelos menos afortunados junta.
· Ela abraça as pessoas independente de raça, condição financeira e outros fatores que não dependem dela.
· Ela abraça as pessoas independente do que ela já foi, das experiências que ela já teve.
· Jesus surge como o contra-cultural, alguém que mostrou a pratica das boas obras em seu estado mais visceral.
· Jesus substituiu o ditado dos fariseus “esquisitices não” por uma nova dinâmica da graça: “SOMOS TODOS ESQUISITOS, MAS DEUS NOS AMA ASSIM MESMO!”. Degrau por degrau, Jesus desmantelou toda estrutura farisaica. Convidou defeituosos, pecadores, gentios a entrar na intimidade de Deus!
· Jesus simplesmente inverteu as leis levíticas, tocou no impuro, no louco gentio e na mulher hemorrágica. Entrou num quarto e tocou um cadáver. A mulher hemorrágica não tornou Jesus impuro, mas se afastou curada; O louco não o contaminou, Foi curado; A menina morta não o contaminou, Reviveu!
Jesus respondendo a questão da salvação disse: LUCAS 10:30-37
Misericórdia é deixar de receber o que vc merece.
A misericórdia possibilita que Deus ouça a prece de um centurião romano, De um miserável publicano e atender um pedido de um ladrão na cruz! Assim, Deus também ouve hoje o clamor das prostitutas, dos homossexuais, dos moradores de rua, dos menos afortunados, porque um dia Jesus quebrou a máxima dos fariseus e abriu a porta dos céus para os esquisitos.
Precisamos exercitar a misericórdia e reavaliar nosso senso de moralidade só assim seremos uma comunidade acolhedora, que não suporta pecado mas que ama o pecador!!!!!!!.

E no mais… tudo na mais santa paz!

3 comentários:

  1. A acolhedora! Interessante é que há alguns meses, escrevi sobre algo parecido: http://lianasantus.blogspot.com/2009/09/eu-queropreciso-estar-onde-tu-estas.html

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Pode link?? Caso não, exclua, tá!

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.