sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Fornicação espiritual

Eis o "conceito de fornicação". É quando você flerta e se relaciona intimamente com uma heresia. Se a unção do riso, a unção do leão, a unção do Cerullo, a unção do celuar, o culto dos 318, soam bem aos seus ouvidos, existe algo de errado com você. Está fornicando com essas coisas. Está intimamente ligado a valores que não agradam a Deus.


Gostar dessas coisas é rejeitar o sacrifício de Cristo e assinar embaixo do discurso que diz que a experiência suplanta a Palavra. O neopentecostalismo promove isso com mestria. Fornicação espiritual é com esses caras. Eles sabem agenciar essa prostituta chamada heresia, atraindo clientes dos mais variados tipos pra ela.

A galera vai uma vez e o poder de sedução é tamanho que se apaixona de vez por esse tipo de teologia vazia e desprovida de Deus. A logia não é nada sem o Théo. Esse negócio da cambalhota santa, mordida do anjo, querubim do dedo de ouro, isso tudo é no mínimo lorota, conversa pra enganar crente. Acreditar nessas coisas como regra de fé e prática e debochar de Deus.

Tinha mais coisa pra falar, mas acho que por hoje já deu pra passar o recado.

E no mais, tudo na mais santa paz!

16 comentários:

  1. primeiro!!! heheeh

    sinceramente acho q não to mais engulindo mais nada...nem as desse blog (nada pessoal pastor)
    é q tem tanta contradição no meio gospel (pra não dizer cristão pq ja acho q de cristão não tem mais nada)... é vergonhoso ver pastores x pastores...
    igrejas e igrejas... multidão x multidão e telogia barata com teologia nenhuma...
    então ...
    acho q me apegar a intimidade com Deus é as vezes até melhor do q viver a bibliolatria da palavra..

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o "Ternos Olhares" aí em cima.

    Assim, não é o pq eu não concordo não, mas o argumento do senhor é muito fraco. Só dizer que está certo ou errado não prova nada.

    Agora, minha opinião: Não curto muito essas paradas todas, até pq me afastei muito de qq "movimento eclesiástico", mas não posso negar que Deus tá nisso. Não posso negar o que eu vi e o tanto que fui ministrado. Também, existem eventos e eventos. Também acho um absurdo essa coisa de "cambalhota santa, mordida do anjo, querubim do dedo de ouro", mas não acho que TUDO no movimento neopentecostal tá errado. Aliás, há sim diferenças entre as igrejas neopentecas.

    Sei lá... Sinceramente estou cansado desse assunto.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido, até um relógio parado ta certo duas vezes por dia...

    ResponderExcluir
  4. O conceito da "verdade" vem desafiando a humanidade por milhares de anos. Filósofos da antiga Grécia debatiam a natureza da verdade.
    Eles discutiam se ela era real e absoluta, ou relativa e ilusória. Suas dúvidas podem ter sido refletidas numa questão de Pilatos:

    "Que é a verdade?" (João 18:38).

    Hoje, a mesma pergunta surge continuamente em várias situações. É de vital importância que achamos a resposta para esta pergunta na área de religião. O que é verdadeiro? Posso conhecer a verdade?

    Para ajudar-nos a responder a estas questões, vamos focalizar nossa atenção em um versículo do ensinamento de Jesus. Em João 8:32, ele disse:

    "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará."

    Considerem as implicações desta afirmação.

    A Cruz é o preço do meu perdão,
    Haja Hope

    ResponderExcluir
  5. sério pastor, não tem anda haver com o senhor...mas tipo..nós ovelhas somos bombardeados com opniões e opniões e nunca acabamos sabendo qual é a vontade de Deus! ..dae vcs podem dizer: é o q tá na biblia! mas o mais engraçado é q "todos" usam a biblia como desculpa pra vender seu peixe ou dizer q o peixe do outro ta estragado... é mover q dizem q é de Deus, depois vem meia duzia e diz q é herege, passa um tempo vem mais um e diz q os outros não sabem de nada o o coitado do espirito santo é q sofre...eu acho q isso sim é fornicação com as coisas de Deus... na verdade todo mundo passa a mão, mas ninguém assume o matrimonio! defender o q acha é ótimo...
    (pastor não to atacando o senhor, mas sim o assunto... eu amo o teu blog e por isso q aproveito a oportunidade pra me expressar pq sei q o senhor cede o espaçõ! Abraço)
    e sim.... com ternos olhares!

    ResponderExcluir
  6. Ternos olhares... to brincando com vc... é que vc foi ácido no comentário... quem costuma ser assim sou eu! Ah e o espaço ta abertíssimo!!!!!!!!!!! e vc sabe disso! pode se manifestar mano...

    ResponderExcluir
  7. Olá Pr. Márcio,

    Analisando um pouquinho só o seu discurso, percebo talvez um desabafo, bem distante do seu 'estilo' discursivo... A última frase deixa bem explícito isso e seus outros textos sempre são realmente mais cuidados.

    (Acho até que foi isso o que os leitores acima perceberam, só que inconscientemente..)

    E desabafo é desabafo.. todo mundo tem direito de se irritar uma vez ou outra... hehehehe...

    ResponderExcluir
  8. Pr Marcio.

    Realmente estou cansado dessas coisas, mas a sua análise do neopentecostalismo não envolve os motivos pelos quais esse movimento tem se difundido e nem reconhece que tantas pessoas tem sido resgatadas das trevas através dessas igrejas. Outrossim, muitas igrejas chamadas históricas restaram inertes durante um bom tempo com sua teologia engessada, por isso, atualmente, varias têm sido envolvidas por essas doutrinas, por que será? Para finalizar todo excesso e modismo é sempre descartável, porém manifestações do Espirito aconteceram durante os grandes e genuínos avivamentos da história da Igreja (com Wesley, Jonathan Edwards, etc.) por que não levá-los em consideração e apontar a direção para a Igreja brasileira ?

    ResponderExcluir
  9. Rodrigo e outros...
    quando é q vamos tratar igreja como igreja e não denominações?

    ResponderExcluir
  10. Edwards, Wesley e cia tremeriam de desespero ante as barbaridades que essa turma tem feito. As manifestações do Espírito não trazem peso as pessoas, mas consolam, transformam e edificam...

    É diferente pregar um sermão e pessoas caírem na real que são pecadoras e se sentir no inferno e cantar uma música e sair bramando como um leão de quatro...

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente tem muitos líderes usando e forçando "manifestações" do Espírito para endossar um discurso teologicamente, e principalmente espiritualmente vazio.

    Concordo que as midias bombardeiam as ovelhas com diferentes opiniões, mas nosso papel como líderes tementes a Deus, é de alertar, concientizar e trazer o conhecimento das barbáries que os lobos vestidos de ovelhas estão fazendo no meio da Igreja verdadeira.

    Irmãos, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas

    http://luzparaseudia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Já ouvi falar de "unção do riso", mas dessas outras... São cabeludas! Pelo amor de Deus...

    Eu já vi uma pessoa cair na graça e começar a rir, a pular, e a cantar, mas isso porque ela buscou a Deus. Isso é o que você quer dizer? Ou quer dizer que esse tipo de manifestação não existe?

    Eu acredito que quando a pessoa está realmente cheia da graça e alcançou um ponto alto de intimidade com Deus, isso acontece [pelo menos eu que só conheço a "unção do riso" como chamam]. É como o "pó de ouro" ... mas enfim, depois eu explico melhor o que eu quero dizer, tô sem tempo agora.

    Graça e paz~

    ResponderExcluir
  13. Então, como eu disse no comentário anterior, pelo menos tentei dizer, que a graça de Deus e a unção só atinge as pessoas que buscam ter intimidade com Ele.

    Eu já vi e acredito que o Espírito de Deus [e não o pastor ou algum anjo] quem faz manifestar essas coisas para provar para algumas pessoas que Deus é sobrenatural e pode TUDO. Mas tem gente que vai à igreja por causa disso, e somente disso, ela não vai achar. Não mesmo.

    É minha opinião.

    ResponderExcluir
  14. Eu concordo com o mano Eduardo,não é um pastor que faz isso ou aquilo,é a intimidade,é a sede que a pessoa esta de Deus,e não acho que isso venha de um evangelho fraco bem pelo contrário,todas as vezes que eu vi as manifestações do Espirito Santo na igreja na forma de riso ou qualquer outra que seja,foi depois de uma pregação bem dura,que me confrontou diretamente(e creio que a igreja toda também)e depois de sermos constrangidos pelo nosso pecado e pelo sacrificio de Jesus na cruz,que o ES veio e nos encheu...e isto vem acontencendo cada vez mais,porque as pessoas estão com sede de Deus,sede de algo a mais,mais intimidade com ele,é o tempo do avivamento,(que não vai nos constrangendo também),e não vejo nada de mais as pessoas buscarem isso,porque quando elas procuram mais do Senhor e porque ja entenderam o real significado do sacrifio de Jesus,graça e paz!

    ResponderExcluir
  15. Vemos muitos movimentos no meio evangelico, cair pelo poder... unçao do riso...gira evangelico, ora os evangelicos estao dando vasao a carne, dando poder ao inimigo, para agir no nosso meio, o Espirito de Deus, é manso, é sabedoria, é poder de Deus, onde nao seremos jamais envergonhados.

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.