segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Sexo selvagem... Deu vontade, transa!



"O sexo transforma o mais previsível ser humano numa criatura de ficção. O sexo é anti-ético." (Pedro Lomba)

O discurso da sociedade sobre sexo hoje é quase primitivo. Sexo não tem mais haver com amor, mas com desejo. Deu vontade, transa. Não é isso que serve como referencial para nossas crianças por exemplo. O ato, antes considerado íntimo, foi banalizado e deturpado trazendo para o contexto atual, uma relidade tenebrosa.

Ta certo, sexo faz mesmo parte dos instintos primitivos da humanidade. Desde os primórdios, o homem entende instintivamente que existe algo que nos impulsiona a praticar sexo.

Algumas coisas colaboram para o avanço da depravação e sem ser moralista, posso afirmar que desde a "revolução sexual" dos anos 70 até os dias de hoje, práticas e discursos em relação ao sexo tem se multiplicado com cada vez menos conteúdo.

Não faz muito tempo, a notícia que nos assombrava era a idéia de que uma adolescente estaria grávida. Hoje é normal passando pelos postos de saúde ver os rostinhos de criança e os corpos ainda por desenvolverem-se totalmente já apresentando uma barriguinha de gestante.

Hoje, nada mais nos assusta. Passamos pela fase de quebrar tabús, de explodir paradigmas, de escandalizar-nos com adúlteros. Hoje tudo está legalizado. O adultério está legalizado através de casas de swing e se tornou consensual. Encontros liberais acontecem por todo Brasil, informando aos desavisados que hoje em dia é possível adulterar sem ferir o outro e até com permissão.

E no mais... tudo na mais santa paz!

10 comentários:

  1. Afinal, qual sua conclusão? qual seu posicionamento?

    ResponderExcluir
  2. meu posicionamento é contrário a banalização do sexo... minha conclusão é que hoje é difícil não ceder aos desejos que permeiam o imaginário quando o assunto é sexo, mas devemos nos lembrar do ensino bíblico e dizer não a promiscuidade.

    Respondido?

    ResponderExcluir
  3. Alguns conceitos foram perdidos com a desenfreada busca pelo prazer imediato, como por exemplo, o do namoro.
    É inconcebível para qualquer cidadão "antenado e moderno"(?) que exista um relacionamento entre um homem e uma mulher baseado na concepção de conhecimento mútuo, companheirismo, busca de afinidade sem que role um sexo para que se defina as "reais" compatibilidades do casal...
    Em nosso meio, onde se prega e crê na Bíblia como regra de fé e prática(?), deveria ser radicalmente diferente. Mas não é.Somos uma massa, infelizmente, conhecida por praticarmos um discurso completamente dissociado de nossa ação.

    ResponderExcluir
  4. Sexo, complemento da unidade num casamento para o prazer e procriação, mas o homem se perde por demais pela escolha instantanea do prazer, perde-se o raciocinio e aflora o desejo animal, não vi ainda fala sobre namoro na Bíblia, porque casamentos eram determinados pelas familias, e assim permaneciam, nos dias de hoje se conhece alguém pela manhã à tarde já estão na intimidade, por isso um monte de almas dilaceradas e disiludidas, não há amor próprio e muito menos pelo outro, pena que esse comportamento chegou a quem todo domingo põe a Bíblia em baixo do braço e vai a um culto, pais que permitem seus filhos dormirem na casa de seus namorados, meninas criadas na igreja engravidando precocimente, pelo menor problema em familia larga-se o conjuge, por fim o sexo dentro de um casamento santo sob a lei de DEUS é um momento sublime e prazeroso.

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    O site http://www.rabbi.com.br/ entrou em contagem regressiva para o seu lançamento! Dia 10 de agosto!


    E você já pode fazer parte deste projeto!


    Como Participar:

    Se você é blogueiro e quer participar da divulgação deste novo serviço do corpo de cristo, coloque o banner que fica na parte superior do site no link "gostou da ideia" em seu blog e nos avise através do e-mail

    contato@rabbi.com.br ou você pode dar um RT no twitter e o melhor é que o seu blog vai fazer parte do nosso blogs roll e concorrerá a brindes exclusivos!


    Um abraço

    Equipe rabbi

    ResponderExcluir
  6. muito bom o blog, que Deus continue abençoando sua vida.

    lhe convido pra fazer uma visitinha em:

    http://missoesperu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Marcio, querido, grande abraço!!!
    legal ler o que VC está escrevendo, por ser importante disseminar opiniões e buscar um evangelho inteligente.
    Infelizmente não se pode esperar muito de um sistema cujo objetivo mundial é o emburrecimento, a ausência de reflexão sobre o que se faz e porque se faz, o isolamento total no individualismo (inclusive com enfases na salvação individual - vou pro céu e meu irmão que se f..), ou seja... todo o processo de consumo e o seu apelo é sexual, a infância é sexualizada e tudo o mais o é.
    Cabe a igreja de Cristo e seu desdobramento humano (nós), levantarmos não so um clamor, mas um brado em direção às pessoas para pensarem no que se está fazendo, seja sexualmente ou não, e onde isso irá nos levar - o sexo não me leva ao inferno mas o seu desdobramento sim - como alerta o Apóstolo Paulo quanto a "predisposição mental reprovável".
    é muito importante termos a mente clara em quem somos, o que fazemos de nós em relação ao próximo, a quem servimos e o que esperamos de nós mesmo em Deus. Se eu não to nem aí pra nada disso, é claro que sair pegando geral é mera consequência!!!
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  8. Temos que ser sempre contra a banalização do sexo sempre.
    E lembrem-se: sexo! Deixem pra depois do casamento, com a pessoa certa.
    Abrçs.

    ResponderExcluir
  9. O desejo do meu coração é que você a uma benção, publicando o que Deus colocar em seu coração, e o meu objectivo é unir mais o cristão a Jesus Cristo, e juntos levarmos a Palavra, sermos edificados e um vaso nas mãos do Grande Oleiro, vamos estabelecer parceria e construirmos juntos uma fortaleza contra as trevas. Um abraço.

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.