sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Sou edificado ouvindo MPB

Estava conversando na reunião do clamor com meu amigo Guilherme e falando de diversos assuntos ele soltou uma pérola! Me disse o seguinte: “Márcio, porque você não escrever sobre o tema, sou edificado com MPB?” Achei simplesmente genial e aqui estamos nós!

Mas vamos o assunto. É fato que pouca coisa sobra na música evangélica pra se ouvir hoje em dia. Por conta disso, meu rádio não sai da MPB FM. Quando ouço pessoas como Lenine, Chico Buarque, Gil, Toquinho, Ivan Lins, vejo que Deus dotou gente de diferentes talentos para nos brindar com boa música. Sinceramente, quando ouço certas canções, me sinto edificado, mais perto de Deus.


É o caso de “Se eu quiser falar com Deus” de Gilberto Gil, Que diz o seguinte:

“Se eu quiser falar com Deus
Tenho que ficar a sós
Tenho que apagar a luz
Tenho que calar a voz
Tenho que encontrar a paz”


É o caso de “Aquarela” do Toquinho:

“E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar...”


É o caso de “Quem é o menino” de Ivan Lins:

“Quem é o menino a repousar nos braços de Maria?
A quem os anjos vêm cantar seus hinos de alegria?
Ele é Jesus, o Rei, a quem os anjos vêm cantar.
Honra e louvor trazei ao Filho de Maria!”


Eu poderia ficar aqui horas e mais horas escrevendo e citando trechos geniais de músicas compostas por artistas seculares, mas acho que pra bom entendedor, meia palavra basta. Ouçam aquilo que é bom, que não traz peso pro seu coração, lembrando que música não se converte, ou é música boa, ou é música ruim. Eu fico com as boas!


E no mais, tudo na mais santa paz!

86 comentários:

  1. Quando comento com minha irmã que me sinto mais edificada ouvindo certas músicas da MPB do que diante do trono e semelhentes, ela me excumunga rsss, perde a paciência repreende 3 vezes rs. Mas, eu entendo, já fui assim também.

    Gosto muito do Lenine, em particular
    "Paciência".
    Mesmo quando tudo pede
    Um pouco mais de calma
    Até quando o corpo pede
    Um pouco mais de alma
    A vida não pára...

    Enquanto o tempo
    Acelera e pede pressa
    Eu me recuso faço hora
    Vou na valsa
    A vida é tão rara...

    Enquanto todo mundo
    Espera a cura do mal
    E a loucura finge
    Que isso tudo é normal
    Eu finjo ter paciência...

    O mundo vai girando
    Cada vez mais veloz
    A gente espera do mundo
    E o mundo espera de nós
    Um pouco mais de paciência...

    Será que é tempo
    Que lhe falta prá perceber?
    Será que temos esse tempo
    Prá perder?
    E quem quer saber?
    A vida é tão rara
    Tão rara...

    *Letra completa e vídeo,
    [http://letras.terra.com.br/lenine/47001/]

    ResponderExcluir
  2. excelente... tb sou excomungado diversas vezes...

    ResponderExcluir
  3. Só para ajudar:


    "Eu queria ter na vida simplesmente
    Um lugar de mato verde
    Pra plantar e pra colher
    Ter uma casinha branca de varanda
    Um quintal e uma janela
    Para ver o sol nascer" (Gilson)

    "As coisas vulgares que há na vida
    Não deixam saudades
    Só as lembranças que doem
    Ou fazem sorrir" (Marisa Monte)

    E tantas outras que edificam e nos fazem refletir, para que possamos viver melhor e com mais integridade.

    Abraço...

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou do tempo desse estilo de musica mas amo muito.

    Quando ouço me sinto calmo.

    Entre outros gosto de lenine e Elis Regina

    Reza
    Elis Regina


    "Se o amor não é mais
    Bastante pra vencer
    Eu já sei o que vou fazer
    Meu senhor
    Uma oração
    Vou cantar pra ver se vai valer"


    http://letras.terra.com.br/elis-regina/140792/

    ResponderExcluir
  5. Boa Thiago... Elis é demais... e o Lenine é um gênio!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Márcio!

    Certa vez ouvi de um amigo: se quisermos entender as angústias e expectativas de nosso povo, basta ouvirmos o que nossos musicos estão cantando.

    Foret abraço;

    milton
    vineyard café

    ResponderExcluir
  7. Milton,
    Muito legal o seu comentário...Penso exatamente assim...

    ResponderExcluir
  8. Levei um bom tempo só ouvindo músicas gospel, é como se fosse um amuleto. Hoje graças a Deus e a igreja que congrego, posso ouvir boas músicas seculares sem peso.já excomunguei muito, isso era a maior prova de insegurança espiritual. Hoje sou livre, pois posso ouvir o que pessoas "livres" tem a dizer. A paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  9. Interessante....VIVA A CULTURA BRASILEIRA!

    ResponderExcluir
  10. Oie =D, vou compartilhar só mais uma tá!? rs. Obrigadaaa!

    Olha só que linda, eu gosto :)!

    O vento vai responder
    Zé Ramalho

    Quantos caminhos se tem que andar
    Antes de tornar-se alguém?
    Quantos dos mares temos que atrevessar
    Pra poder, na areia, descansar?
    Quantas mais balas perdidas voarão
    Antes de desaparecer?

    Escute o que diz
    O vento, my friend
    O vento vai responder

    Quantas vezes olharemos o céu
    Antes de saber enxergar?
    Quantos ouvidos terá o poder
    Para ouvir o povo chorar?
    Quantas mais mortes o crime fará
    Antes de se satisfazer?

    Escute o que diz
    O vento, my friend
    O vento vai responder

    Quantos anos pode uma montanha existir
    Antes do mar lhe cobrir?
    Quantos seres ainda irão torturar
    Antes de se libertar?
    Quantas cabeças viraram assim
    Fingindo não poderem ver?

    Escute o que diz
    O vento, my friend
    O vento vai responder.

    *se quiser ouvir ;)
    [http://letras.kboing.com.br/ze-ramalho/o-vento-vai-responder/]

    ResponderExcluir
  11. Pastor!!
    Mais um excelente texto. A graça comum é simplesmente maravilhosa!! Aqui vai também um protesto a favor do Teatro Mágico que não toca nas rádios mas que mtas músicas, falam mais de vida com Deus do que os "crentes":

    "Pra dilatarmos a alma
    Temos que nos desfazer
    Pra nos tornarmos imortais
    A gente tem que aprender a morrer
    Com tudo aquilo que fomos
    E tudo aquilo que somos nós" ( O Mérito e o monstro, O Teatro Mágico).

    ResponderExcluir
  12. Teatro mágico! Somos fãs de carteirinha!

    ResponderExcluir
  13. Quando adoro ao Senhor com essa música do Beto Guedes sinto uma emoção sobrenatural. Nenhuma música gospel consegue expressar o que sinto por Jesus e pela presença do Espírito Santo como esta canção:

    Nem o sol
    Nem o mar
    Nem o brilho
    Das estrelas
    Tudo isso
    Não tem valor
    Sem ter você...

    Sem você
    Nem o som
    Da mais linda
    Melodia
    Nem os versos
    Dessa canção
    Irão valer...

    Nem o perfume
    De todas as rosas
    É igual
    À doce presença
    Do seu amor...

    O amor estava aqui
    Mas eu nunca saberia
    Do que um dia se revelou
    Quando te vi...


    Graças a Deus sou livre para adorar.

    ResponderExcluir
  14. Corrigindo meu post: A canção do Beto Guedes na verdade é de Meredith Wilson – versão : Ronaldo Bastos

    ResponderExcluir
  15. Que lindo valéria... eu amo Beto Guedes

    ResponderExcluir
  16. Galera mpb tem seus tesouros, mas não podemos desvalorizar o gospel que ao ser bem analisado tem edificações muito mais concistentes.

    ResponderExcluir
  17. Veja,
    Não diga que a canção está perdida
    Tenha fé em DEUS
    Tenha fé na vida
    Tente outra vez

    Beba,
    Pois a água viva
    Ainda está na fonte
    Você tem dois pés
    Para cruzar a ponte
    Nada acabou

    Tente,
    Levante sua mão sedenta
    E recomece a andar
    Não pense que a cabeça aguenta
    Se você parar
    Não, não, não, não

    Há uma voz que canta
    Há uma voz que dança
    Há uma voz que gira
    Bailando no ar

    Tente,
    Basta ser sincero
    E desejar profundo
    Você será capaz
    De sacudir o mundo
    Tente outra vez

    Tente,
    E não diga que a vitória
    Está perdida
    Pois se é de batalhas
    Que se vive a vida
    Tente outra vez!

    Meu DEUS!
    Tu inspiraste um doente, um alcoólatra, desequilibrado, a escrever esta canção. O que não poderias Tu transformar pela Tua vontade?

    ResponderExcluir
  18. Pastor, eu não acredito que o senhor fez esse post. Nossa confesso que até gosto do seu blog, mas depois de uma dessas. Não quero mais visitar ele não.

    Como o senhor vem me dizer que quando ouve uma musica, de um ímpio que não tem compromisso algum com Deus o senhor se sente Edificado ??
    Ah faz me o favor né Pastor !!

    A musica o louvor só foi criada para Adorar o nome de Deus, agora o senhor vem me falar que se sente edificado. Fiquei pasmo, e muito triste de ouvir isso do senhor.

    Como vou me edificar com musicas de cantores que na verdade são adeptos do Umbanda, Candomblé e outras seitas pagãs. Faça me o favor né Pastor. Vou deixar de ouvir uma musica consagrada pra Deus, de uma banda ou ministério pra ouvir esse lixo de MPB ??

    O que eu acho engraçado é que essas pessoas ai ainda o apoia.
    O Robson Lelles ainda me põe uma musica do Raul Seixas, que dizia que o Diabo é o Pai do Rock.

    Nao quero voltar para o Egito não.

    ResponderExcluir
  19. Fique a vontade... mas faça um favor a si mesmo... quando tiver festinha de aniversário, não cante parabéns pra você (música profana), nem tampouco derrama senhor (tradição dos católicos). Ah também não coma em nenhum restaurante bahiano porque quem faz a comida pode ser macumbeiro... meu querido, se orienta...

    ResponderExcluir
  20. Pastor. O senhor não acha que está generalizando demais não?
    O senhor sabe muito bem o que eu quis dizer, que não tem nada a ver com isso que vc está falando.

    Ah eu vou em restaurante bahiano sim. Vou tbm em japonês, italano e outros. Mas antes de comer, eu oro. Agradecendo e Consagrando o alimento.

    Eu sou jovem, tenho 21 anos.
    Curto de tudo desde Rock até Adoração, mas tudo gospel. Até concordo que exitem alguns cantores, ou bandas que são imposiveis de ouvir. Mas isso não é motivo pra sair ouvindo musica consagrada a Camdonblé, como o propio Milton Nascimento, Gilberto Gil e nem se fale do Caetano Veloso. Reflita Pastor. Obrigado.

    ResponderExcluir
  21. Que bom que você voltou cara!

    Pensou melhor?
    Então pensa nisso aqui ó:

    "Pra dilatarmos a alma
    Temos que nos desfazer
    Pra nos tornarmos imortais
    A gente tem que aprender a morrer"

    Ta errado isso?
    Teatro Mágico!

    ResponderExcluir
  22. Não tem nada de errado. Mas penso que não há comunhão da luz com as trevas. Então deixo para o senhor refletir.

    I Coríntios 6:12 - " Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas. "

    Que cada um, tire suas próprias conclusões. E repito, não quero voltar para o Egito.

    ResponderExcluir
  23. "O Robson Lelles ainda me põe uma musica do Raul Seixas, que dizia que o Diabo é o Pai do Rock."

    RL>> Tiago, um conselho que pode lhe render excelentes oportunidades no futuro, na sua vida espiritual e também na secular: acostume-se a ler o texto até o final e exercitar a sua capacidade de interpretar antes de exercitar a sua capacidade de se indignar. Assim, você conseguirá evitar engolir muita heresia que é vomitada de determinados púlpitos e - melhor ainda - evitará ser precipitado e consequentemente injusto nos seus julgamentos.
    Se você tivesse dado atenção ao que escrevi no final do post, entenderia de vez que DEUS usa quem Ele quer para transmitir a sua palavra. Veja o que escrevi, de novo:

    "Meu DEUS!
    Tu inspiraste um doente, um alcoólatra, desequilibrado, a escrever esta canção. O que não poderias Tu transformar pela Tua vontade?"

    Pois bem, lembremos alguns personagens que certamente você condenaria se usasse o mesmo critério que usou ao comentar esse post:

    Noé: beberrão, maledicente, amaldiçoou o próprio filho. DEUS usou-o para preservar a Criação e a semente que geraria Jesus Cristo.

    Sansão: mulherengo, boêmio, metido a esperto. DEUS o usou para humilhar os inimigos do Seu Povo.

    Davi: mulherengo e pai omisso. DEUS usou-o para derrotar os inimigos do Seu Povo e chamou-o "homem segundo o coração de DEUS".

    Salomão: depois de toda sabedoria, poder e riqueza que DEUS lhe concedeu, tornou-se um idólatra vaidoso, cheio de si mesmo.

    Simão Pedro: Três anos e meio de discipulado com o próprio Jesus Cristo não foram suficientes para que ele não negasse ao Mestre por três vezes, temendo pela própria vida. Horas antes, havia arrancado a orelha do soldado Malco a golpe de espada e teve o privilégio de presenciar a última cura milagrosa de Jesus. Ainda assim, foi a ele que Jesus escolheu para pregar aos judeus.

    Sabe o que é maravilhoso nisso tudo? É que independente do meu pecado e do seu, DEUS pode nos escolher para realizarmos coisas grandiosas na Sua obra a despeito da sua religiosidade e da minha eterna mania de professor de seminário, que prefere empregar um tempo para corrigir um jovem a perdê-lo para a ignorância religiosa.

    Pr. Márcio, Tiago e demais leitores: Que esse único e maravilhoso DEUS nos perdoe e continue nos usando para divulgar Sua Palavra, a despeito de nossos incontáveis pecados.

    Abraços em todos.

    ResponderExcluir
  24. Querido Robson, francamente, heresia é o que vc acaba de escrever sobre os tais personagens da Biblia. Só faltou vc me dizer que Abraão foi acusado de tentativa de homicídio(rsrs).

    Cara eu li seu comentário até o final sim, mas preferi nem comentar sobre isso, pq se eu fosse falar senão não iria nem caber aqui.

    Agora me explica uma coisa, até onde eu sei, Deus só tem compromisso com aqueles que tem compromisso com ele certo? Agora como Deus vai inspirar um satanista (Raul Seixas), que não tinha o menor compromisso com Ele, e que até tempos atrás, andava com um "zé ninguém" que era o Paulo coelho, e que hoje é um dos maiores bruxos do mundo. E que ainda escreveram livros e musicas juntos. Me explica isso?

    Olha cara eu sou músico, toco na minha igreja, não posso ser hipócrita, claro
    que até meio que obrigado, tenho que ouvir músicas seculares as vezes. Mas elas nunca me edificam não. Pq são músicas da carne. A edificação vem do Espírito.
    Agora vem vocês apoiarem o Pastor Marcio, dizendo que musica secular edificam vocês?? Francamente gente, é essa a edificação que Deus quer para nossas vidas. A de um Satanista?

    Obrigado pelos conselhos Robson. Então vou deixar um para você também, bem simples, sem um português complicado que é colocado somente para impressionar. Esse qualquer leigo entende.

    A Deus toda Honrra, toda Glória e todo, todo LOUVOR. Amém.

    Só queria deixar claro a minha opinião Pastor Marcio. Um abraço!

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  25. Tiago vc é sempre bem vindo aqui no Egito!!!!!!!! rs... brincadeira... O Robson não errou em nada mano do que ele escreveu sobre os heróis da Bíblia... eles foram homens como nós, sujeitos a erros!

    ResponderExcluir
  26. É mesmo pastor, mas eles tinham compromisso com Deus né.

    Mas blz Pastor Marcio, obrigado pela atenção.

    Tópico encerrado para mim. :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  27. O fato de ter compromisso com Deus não exime ninguém de errar... prova disso é a vida desses caras...

    ResponderExcluir
  28. Com certeza Pastor.
    Mas quando se tem compromisso com Deus, nos arrependemos de nossos erros e pedimos perdão a Deus. Um exemplo foi Davi, que mesmo caindo em pecado. Se arrependeu e Deus lhe deu o perdão.

    ResponderExcluir
  29. Se errou foi porque pecou...e pecou conhecendo a Deus... se arrependeu porque a graça de Deus o convenceu disso, não por mérito próprio.

    ResponderExcluir
  30. "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam." 1 Coríntios 10:23

    ResponderExcluir
  31. Tiago, concordo contigo em gênero, número e grau. Dizer que MPB é um estilo ruim seria hipocrisia, pois adoça sim os ouvidos, desde românticas até as que falam sobre coisas que nos fazem refletir sobre a vida. Não só a letra, mas também as vozes deixam os nossos ouvidos musicais e principalmente "carnais", super bem. Só que o Apóstolo Paulo abordou bem este assunto: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas as coisas edificam." 1 Coríntios 10:23. Agrada a carne mas esta entrará sempre em conflito com o espírito, ou seja, você não será edificado, já que o nosso alvo é Cristo, e não as coisas deste mundo. Então, o que é melhor, agradar a carne ou o espírito?
    Conclusão: É lícito ouvir MPB? Sim. Convém e/ou Edifica? Não!

    Agora, vamos combinar, há certas letras que os compositores não sabem nem disfarçar o podre. Desde sensualismo a algo relacionado ao candomblé. E ainda tem crente que vê, mas não está nem aí, escuta assim mesmo.
    Como o Tiago frisou: deixemos o Egito para trás!

    ResponderExcluir
  32. A coisa mais chata e complicada, creio eu, é tentar convencer um ultra-hiper "crente" de que a música não deve APENAS ser de louvor, mas boa música, boa melodia e boa letra.

    Por exemplo, eu tenho um amigo que, se eu chego e falo de alguma música "não-cristã", seja ela qual for, por mais bela que seja a letra, ele retruca com "Eu prefiro usar a música para louvar a Deus"...

    Assim fica difícil, é um argumento complicado de se devolver! Mas a verdade é essa, a música é livre, é possível para um cristão cantar e se deliciar ouvindo uma música que fale sobre a natureza, por exemplo.

    O problema é que muita gente não entende, e SEMPRE acha que está correta! Não me refiro à MPB, mas a qualquer estilo musical. É lógico que tem muita música por aí que não convém, creio que 95% é assim... mas o meio "gospel", por favor! Está aos pedaços!

    Não é por menos que as pessoas têm preconceito com cristãos: pois eles querem que todos ouçam os louvores a Deus, se convertam e vão aos shows de seus artistas gospel prediletos, mas não se atrevem a ouvir nada que não tenha na letra "Jesus", "Deus" ou "Espírito" explicitamente retratado... depois reclamam do quase "ostracismo" em que vivem.

    ResponderExcluir
  33. Stéfan:

    Todo fundamentalista é chato por uma questão de princípio, hipócrita por uma questão de valor e ignorante por opção. Tenho que concordar com você.

    DEUS usa quem ele quer, e a prova mais recente é a cantora-atriz-drogada-e-prostituída Whitney Houston (O Guarda-costas, com Kevin Costner, lembra?), que alçou os mais altos postos da música mundial, com direito a Grammy, Tony, Oscar e tudos mais, para depois se afundar no maldito ciclo sexo, drogas e black music.

    Quando todos pensavam que ela estava acabada, ei-la que surge, cinquentona, sangue limpo, mente limpa, com álbum novo, tocando em TODAS as FMs do mundo, em trilha de novela, cantando... um tradicional hino religioso com arranjo soul music!

    Sim, senhores! "I Look To You" é um hino cristão de primeiríssima qualidade e ficou muito lindo na voz já veterana de Whitney Houston, que não limitou a execução dessa música às rádios gospel, graças a DEUS, pois o objetivo deve ser alcançar os perdidos, os que não ouvem hinos cristãos se souberem que o que estão ouvindo é um hino cristão.

    Isso se traduz em ganho real para o Reino, sem hipocrisia, sem falsa religião, pois é certo que muito crente que só ouve música rotulada como "gospel" peca em escala logarítmica (!!!) se comparado aos que ouvem música secular e ainda assim conseguem ser edificados através de suas letras.

    Whitney Houston conheceu o abismo que chama outro abismo. Viu que aquilo lá não é lugar de gente e deu a volta por cima. Será que ela nunca mais vai cair? Ninguém pode dizer isso, nem a respeito de si mesmo. Se cair, que volte a se levantar e cante um louvor ainda mais bonito, sobre a infinita misericórdia de DEUS sobre nós, miseráveis pecadores que somos.

    Portanto, deixe que DEUS trate dos fundamentalistas. Quanto a nós mesmos, tratemos de prosseguir em publicar e proclamar o evangelho de Jesus Cristo, pois para isso fomos comissionados.

    Forte abraço, fé em Cristo e pé na estrada!

    ResponderExcluir
  34. Verdade, Robson.

    O que incomoda mesmo é ter que ficar ouvindo sermão por estar "desviado", "longe do Espírito" e coisas do tipo... sério, isso é chato mesmo! Mas enfim, vamos seguindo...

    Eu costumo ver o que há de bom em cada música; não vem ao caso quem canta, se a banda usou instrumentos "decentes", o que vale é se a letra é boa e faz algum sentido. Muitos músicos que conhecemos morreram nas drogas, na bebida, prostituição... mas ainda assim podem ter escrito letras bonitas - Bob Marley que o diga! Não posso dizer "Puxa vida, ouço todas do Bob!", é justamente aí que entra aquele processo de analisar música por música, letra por letra.

    A música "gospel" de hoje em dia tenta nos passar aquela imagem bonita e pura, de que a pessoa que canta é um servo do Deus Altíssimo, e muitos se levam por isso, ficam ouvindo aqueles mantras, músicas cujas estrofes se repetem incessavelmente, pouco criativas - não percebem que tem música muito mais bonita por aí, mas que foge à mentalidade limitada destes.

    Estou escrevendo mais no intuito de desabafar, também não gosto de ficar criando polêmica em cima disso... mas o chato é que tem gente que simplesmente não entende. É uma pena, sem dúvida.

    E é a tal da coisa: música, cinema, teatro, esporte... tem tanta coisa mundo afora, mas o pessoal escolheu justamente a música pra "coar". Ora, se querem filtrar a música pelo rótulo, que também filtrem todo o resto! Desde escola até o pão que se compra na padaria!

    Valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante o que tu escrevestes sobre o gospel Stéfan. Mas o que a maioria das pessoas não sabem, ou preferem esquecer, é que a origem do gospel não é cristão, e sim era usado pelos escravos negros nos EUA como forma de mensagem secreta. Sim, isso é fato histórico. A língua originária em que o gospel era cantado era o Creolo, ou Creoles, que vem a ser uma mistura do inglês com o idioma/dialeto falado pelos negros. Bem, quando um escravo fugia, outro era morto, havia um motim preparado, uma fuga estava programada etc, um ecravo passava cantando e todos os outros escravos sabiam que algo havia acontecido ou iria acontecer. Com o passar dos anos o gospel foi incorporado nas igrejas negras americanas, especialmente no sul dos EUA. É lindo de se escutar um gospel? Sim, com certeza. Há mensagens ocultas? Sim, com ceretza. Possui origem "secular"? Com toda certeza. Rock branco, pop, funck, rap, sertanejo cristão? Não, não deixam de ser estilos seculares só porque possuem letras cristãs. A grande hipocrisia aqui é achar que se eu usar letras cristãs em um ritmo secular esta música deixa de ser secular e passa a ser cristã. Queremos cantar e louvar a Deus somente com músicas cristãs? Então temos que cantar somente os hinos de Lutero (que são lindos mas entediantes), temos que cantar hinos hebraicos (lindos mas mais entediantes). É possível louvar a Deus com hinos e músicas? Sim, é possível. Quando a arca da alainça foi reconquistada, Davi dançou e cantou até paracer um bobo diante do povo. Sua esposa o repreendeu e o que foi que ele respondeu? Louvai a Deus através da dança, louvai a Deus através do canto. A maior hipocrisia que pode haver para um cristão, é achar que eu sou salvo e que os outros por não seguirem o que eu penso, estão condenados, que são hipócritas. Deus mesmo disse, não julgais para não serem julgados. O importante é usar de sabedoria para louvar a Deus. Na Itália há um exemplo disso. Um frei, Frei Metalo, canta Heavy Metal para os metaleiros. Ele é católico e canta para multidões. E está dando outros sentidos para os sinais que metaleiros, roqueiros usam. O sinal da guampa que é feito com as mãos, segundo ele, é Deus Pai. O sinal do hanloose, feito com o polegar, indicador e dedo mindinho, é Deus te ama, ou a trindade. E multidões de metaleiros, roqueiros, punks estão se convertendo. Pergunto agora? Esse tipo de música não edifica? Não agrada a Deus? Pois se quando alguém se converte e diz SIM para Deus há festa no céu entre os anjos. Então quer dizer que nada do que este frei ou outros que usam a música para atingirem as pessoas e levaram-nas para Deus está correto? Não edificam, não louvam? Eu tenho certeza que a festa no céu é grande quando há conversões. Não importa o ritmo, mas o que ímporta é a letra, o coração. Um abraço.

      Excluir
  35. Stéfan:

    Gostei tanto da sua menção a Bob Marley, que aqui vai a letra de "Redemption Song", cantada no inglês dos escravos, todo cheio de erros de gramática, mas cheios do Espírito Santo:

    Oh, pirates - yeah, they rob I
    Sold I to the merchant ship
    Minutes after they took I
    From the bottomless pit

    But my hand was made strong
    By the hand of the Almighty
    We forward in this generation
    Triumphantly

    Won´t you have to sing
    These songs of freedom
    'Cause all I have to have
    Redemption songs

    Emancipate yourselves
    From mental slavery
    None but ourselves
    Can free our minds
    Have no fear for atomic energy
    'Cause none of them
    Oh cannot stop the time

    How long shall they kill our prophets
    While we stand aside and look
    Some say it's just a part of it
    We've got to fulfill the Book

    Won´t you have to sing
    These songs of freedom
    'Cause all I have to have
    Redemption songs

    These songs of freedom
    Redemption songs...

    Essa canção foi gravada só com voz e violão... algo como se nos dissesse que a fé é algo muito particular, que só a nossa fé pode nos salvar, assim como Jesus disse a mais de uma pessoa na Bíblia:
    " A TUA fé TE salvou!"

    Aleluia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robson: outro grande exemplo do que eu falei acima. redempion Song foi uma música escrita e direcionada ao povo jamaicano, que estava se sentindo perdido, ignoardo, abandonado. É uma letra com conteúdo histórico e escrita no creolês. O tipo de inglês que se fala na Jamaica. Canção da Redenção.

      Excluir
  36. Oh Robson, vc sempre enriquece demais esse blog!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  37. eu particularmente não gosto muito de MPB...+ eu admito que muitas letras são sensacionais e também respeito muito...(respeito todos os estilos musicais, menos o funk Brasileiro e o Forro...)Acredito que não precisar estar escrito Gospel no estilo musical para nos edificar o Deus agir atraves...eu me entitulo um Rockeiro...desde de antes de convertido...( + antes eu escutava de Slayer a Marilyn Manson, que horrivel...)hoje eu curto muitas musicas q considero poeticas, mesmo num estilo difirente... como por exemplo a musica Lack of Comprehension da banda Death... que é Death Metal e um estilo EXTREMAMENTE pesado musicalmente falando...+ acho uma bela poesia... entre outras muitos q n comentaria pq ia ficar meio gigante...a proposito... tenho um amigo q se chama Guilherme e e gosta mto de mpb...e concorda com oq vc fala

    ResponderExcluir
  38. Bom, eu nem toquei no assunto de titulado gospel, mas vejamos... Há uma diferença se a música é de Deus ou simplesmente "gospel":
    Ela edifica! Simples! Mas não é porque nem todas no meio gospel edifica que daremos razão que MPB edifica, pois a música de Deus(não só intitulado "gospel") existe e ela edifica. É fato!
    Acontece que MPB aguça sim, pois é música, e música mexe conosco e tem um efeito tão grande que pode te envolver tanto positivamente, como negativamente...levando isso para um lado espiritual: "nem todas edificam."
    Acontece que o que está em jogo é a edificação, não se você pode ouvir ou não. Atentando para o título: "Sou edificado"
    Edifício, crescimento... hã?
    Um ímpio pode ser edificado com uma música Cristã se por acaso ele ouve. Ora, o poder de libertação do louvor, palavras que libertam. E é claro, que nem com todas as músicas só porque se intitulam gospel. Creio que um ímpio não será edificado ouvindo um funk gospel. Ele, o ímpio, ouve suas músicas, o estilo que lhe agrada. Mas um Cristão ao ouvir uma música secular, MPB, pode ser liberto? edificado? Ouve por uma questão como já disse, que agrada os ouvidos, ora a letra é bonita, fala de amor, coisas da vida... sente-se bem... Tá, mas e a edificação? Não é disso que estamos falando?

    É pelo poder da Palavra de Deus que somos edificados.

    ResponderExcluir
  39. Nada promove crescimento em você? só musica gospel? caraca... fico impressionado como vc, uma menina tão esperta faz uma declaração dessa. Ta jogando todo conhecimento secular no lixo. Anos e anos de movimentos de Deus na história...
    Uma pena...

    ResponderExcluir
  40. Nathana:

    Seu comentário "Creio que um ímpio não será edificado ouvindo um funk gospel."

    RL>> Recomendo que você apresente o seguinte conteúdo a um ímpio e avalie os efeitos:
    http://www.youtube.com/watch?v=44IHoDb4HcA&feature=player_embedded

    É um rap entitulado "A Graça da Garça". Depois comente aqui no forum. Não crer que um ímpio será impactado pelo ritmo e pela letra desse rap é não crer no Poder da Palavra, pois é somente o que está ali dentro. Se é verdade que a Palavra de DEUS não retorna vazia, então a sua afirmação acima é que perde o sentido. É claro, não podemos generalizar e achar que todo lixo rotulado de funk gospel terá efeito positivo além dos bolsos de quem o canta (rsrs).

    Mas um Cristão ao ouvir uma música secular, MPB, pode ser liberto? edificado? Ouve por uma questão como já disse, que agrada os ouvidos, ora a letra é bonita, fala de amor, coisas da vida... sente-se bem... Tá, mas e a edificação? Não é disso que estamos falando? "

    RL>> Sim, é exatamente disso que estamos falando: do efeito espiritual benéfico que determinadas músicas rotuladas como seculares ou "do mundo" tem sobre as nossas vidas.

    Se você tiver o cuidado de ler os posts anteriores verá uma série de "músicas do mundo" que tem um poder de edificação absurdamente superior a coleções inteiras de músicas rotuladas como gospel que andam pelas ondas das rádios gospel por aí.

    Basta evitar o maniqueísmo barato de afirmar que tudo rotulado como "do mundo" é abominável e tudo que é rotulado como "gospel" é abençoador, pois se é verdade que DEUS não faz acepção de pessoas e que DEUS usa quem Ele quer, Ele pode justamente usar alguém que é desprezado pelos fariseus contemporâneos justamente para expô-los ao ridículo de recusarem a Palavra de DEUS pela aparência do mensageiro.

    Em Cristo,

    ResponderExcluir
  41. Pr. Márcio, me mostre onde citei que nada traz crescimento para mim, só música gospel. Eu disse que MPB, não traz edificação(crescimento, edifício). Me restringi apenas isso. Se citei duas vezes que não devemos nos prender em titulados gospels, mas sim, se a música realmente é de Deus. Ai de mim se me prendesse e buscasse crescimento em toda música que se intitula "gospel".

    ResponderExcluir
  42. Veja bem: Para mim não edifica,EU, uma opinião minha. Agora se pro senhor edifica, bem. E só acho que aguça e as pessoas podem muito bem confundir achando que estão sendo edificadas.
    Vai entender a mente das pessoas.

    ResponderExcluir
  43. Li tudo, com calma, degustando cada palavra...

    Que belo seminário tem aqui.

    Só posso dizer é que vou ReTwitar de montão!

    Aleluia!!

    ResponderExcluir
  44. Márcioo!!!
    Muito maneiro o posto, pena que tem gente que apesar de ter saído do "Egito", não se livrou das cargas que lá recebeu né? =/
    Enfim..! Queria colaborar com uma música/poema do Paulinho Moska, liiiiinda, chama-se "Do amor". Vai um trecho, só pra deixar um gostinho: "Não falo do amor romântico,
    aquelas paixões meladas de tristeza e sofrimento.
    Relações de dependência e submissão,
    paixões tristes.
    Algumas pessoas confundem isso com amor.
    Chamam de amor esse querer escravo,
    e pensam que o amor é alguma coisa que pode ser definida,
    explicada, entendida, julgada.
    Pensam que o amor já estava pronto,
    formatado, inteiro, antes de ser experimentado.
    Mas é exatamente o oposto, para mim,
    que o amor manifesta.
    A virtude do amor é sua capacidade potencial de ser construído,
    inventado e modificado.
    O amor está em movimento eterno, em velocidade infinita.
    O amor é um móbile. "
    Bju que Deus abençoe a todos!
    Egípcios ou não! =D

    ResponderExcluir
  45. Haha, interessante, vejo uma galera falando a mesma coisa na minha "Rodinha da amizade". Mas eu nunca senti nada alem da vontade de dançar quando escuto musica, seja cristã ou não.

    Acho que tem muita gent que confunde Musica com louvor.
    Quando a música é apenas 1 das 500 trilhoes de formas de louvor. xD

    Passo em certas igrejas e vejo cartazes do tipo:
    "Workshop de louvor e adoração.
    palestrantes:
    guitarra:fulano
    baixo:fulado
    bateria:fulano"
    E assim vai, aushaiushais acho que a galera devia mudar um pouco o seu conceito de Louvor, e lembrando que antes de qualquer coisa louvor é a sua gratidão à Deus, é o seu reconhecimento de que ele é soberano e perfeito.

    O negócio é que as pessoas ficam mais sensíveis de mente e coração quando certas musica aparecem assim a gratidão por Deus vem mais tranquila e boa.

    Pra mim a letra da musica é só mais um "guia" de reconhecimento, oq é muito bom, pois nos lembra de coisas que nos normalmente esquecemos.

    Mas a minha maior edificação fica mesmo no meu quarto de escuta, quando é so eu e Deus, é la que é impossível pra mim não reconhecer Deus, é la que eu me derramo meu coração por completo, sem que ninguem veja ou se sinta atrapalhado.

    E lembrando que a maior forma de louvor, é fazer a vontade do Pai.
    Pois nisso nos mostramos que realmentes adoramos a Deus.

    Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Digo com toda a tranquilidade de minhas convicções que sou muito mais ouvir uma canção composta com a sinceridade do ímpio do que as inspiradas pela hipocrisia mercantilista "cristã". Gospel? Tô fora.

    ResponderExcluir
  48. Pr Márcio, cuidado com a generalização pois a MPB tem muita coisa ruim, inclusive dos artistas mencionados pelo sr. Quando eu digo sou edificado ouvindo música evangélica, eu estou generalizando. Acho o título infeliz.

    Demônio de Guarda
    Ivan Lins
    Composição: Ivan Lins / Vitor Martins

    Você se fez meu guia
    Protege e desarma
    Faz de mim o que quer nessas garras
    Meu demônio de guarda
    Você vigia meus sonhos
    Me dá cachaça e as noites de orgia...

    Ojú Obá
    Gilberto Gil

    Chegou, Xangô Aganjú Obá chegou
    Foi povo de Zambi quem chamou
    Eu quero ir com você
    Meu Pai Oxalá

    Toquinho
    Composição: Toquinho / Vinicius de Moraes

    Meu pai Oxalá
    É o rei
    Venha me valer
    Meu pai Oxalá
    É o rei
    Venha me valer
    O velho Omulu
    Atotô, abaluaiê
    O velho Omulu
    Atotô, abaluaiê

    Gostaria de saber quais as músicas que são cantadas em sua igreja. São só as de Lenine e as que o sr. citou ou cabe Djavan, também?

    ResponderExcluir
  49. Gersino, se vc olhar o texto com carinho verá que não existem generalizações, eu coloco lá "certas canções", não são todas... e quanto a Djavan, claro que cabe!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  50. Pr. Eu disse que achei o TÍTULO INFELIZ, pois ele generaliza. Gosto bastante de Lenine mas não concordo com tudo que ele canta. Mas gostaria de saber o que se canta na sua igreja, pois se essas músicas o edificam, concluo que deveriam ser cantadas nas suas reuniões. Um abraço em Cristo!!

    ResponderExcluir
  51. Morro de rir com os nossos "irmãos" crentes,tão santos e puros. Mas escrevi um artigo neste link abaixo sobre o que autentica a musica para sabermos se é cristã ou não. Leiam e comentem, se quiser falar mal fica a vontade. Abraços. thttp://www.igrejaurbana.org/musica-secular-e-musica-nao-crista-2/

    ResponderExcluir
  52. Pr. Marcio é incrivel a capacidade do povo de distorcer o tópico, infelizmente este dualismo que os crentes vivem é terrivel, ou é do diabo ou é de Deus. Não demora e eles farão apelo para o Pr. Marcio aceitar a Jesus...rsrsrs
    Ps. As vezes fico aqui lendo os artigos e me forçando para não comentar, mas nào tem jeito.

    ResponderExcluir
  53. Vamos la, rsrsrsr estamos no fim de 2009, mas o debate continua, estou escrevendo pela primeira vez no blog do Pr Marcio, tenho uma escola de música chamada CEMA - Centro de Estudos Musicais Adoração e Audio, nome grande né, tenho alunos de varios credos religiosos, cristão, catolico, ateu, espirita, primeiro devemos nos lembrar, que como Deus nos deu o Céu a chuva, sol natureza tanto para o impio e para o justo, na questão da arte vemos o talento e dom sendo colocados de formas diferentes, sobre o artigo Sou Edificado ouvindo MPB, podemos sim ser inspirado por (ALGUMAS) das canções de MPB, como também podemos ser chocados por algumas canções ditas cristã, sem conteudo poetico, melodias fracas sem sentido, trabalho com as canções seculares e tambem a cristã, sei até onde posso ir sem prejudicar a minha fé, volto num novo post. Obrigado o debate continua.

    ResponderExcluir
  54. Pr Márcio responda a pergunta "que músicas da MPB são tocadas na sua igreja para a edificação dos irmãos?"
    Se alguém for da igreja dele pode responder.

    ResponderExcluir
  55. Mano, não existe esse lance de tocar mpb na igreja... cada coisa no seu lugar... o que não me impede de ouvir boa MPB no meu carro em casa. etc...

    ResponderExcluir
  56. Não consigo entender, se algo o edifica em casa, no carro, por que não cabe no templo? qual seria o "problema"? haveria censura por parte daqueles que não compartilham a mesma opinião do pr?

    ResponderExcluir
  57. Pensem no seguinte: pode de uma mesma fonte brotar água salgada e água doce????

    Como pode de um mesmo compositor brotar músicas que adoram a satanás e outras que edificam a vida de alguém????

    O diabo era levita. Se ele fizer uma música que diga palavras bonitas..., seria edificante cantá-la????

    Mas o ridículo mesmo do texto foi dizer que "é fato que pouca coisa sobra na música evangélica pra se ouvir hoje em dia". É, no mínimo, uma desonra!!

    ResponderExcluir
  58. Eu fico feliz de saber que existem outros cristaos de verdade, que servem a Deus e conseguem enxergar a beleza dele em coisas q muitos dizem nao ser Dele. Só pra constar, Lenine é um genio, eu voltei a Deus ouvindo teatro magico, e sinto nojo quando ouço diante do trono, entre outros!

    Deus esteja com voces meus manos!

    Abraços

    ResponderExcluir
  59. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  60. Q!uato à fonte, é subjetivo. não dá pra julgar como é a vida de alguém. SE um cantor canta música pro diabo ali e acolá canta coisas bonitas, fica mesmo estranho e hipócrita, e faço questão de não ouví-lo. Mas isso deve ser analisado com muito cuidado, musicas bem compostas, as vezes tem lá um certo nível de complexidade no argumento... enfim, pra julgar uma música é preciso ouví-la; e pra afirmar que algum artista está desviado ou que é um grande servo de Deus, é preciso ter provas um pouco concretas que seja.
    Ouço unas caras aí que deles tiro algumas músicas, mas deixo outras pra lá...

    ResponderExcluir
  61. Como Levita, sempre tento imaginar a intanção da pessoa ao criar a música que escuto. Na questão da MPB acho muito difícil saber se qualquer música tenha sido escrita por inspiração divina ou maligna. E não tenho preconceitos com a MPB, faço aula de canto no conservatório de MPB aqui de Curitiba e louvo a Deus na Assembléia de Deus.
    Só acho muito perigoso agente tomar as palavras de uma música na qual não temos certeza se tem ou não alguma msg subliminar de gênero discutível para louvar à Deus. Prefiro não me ariscar.
    Por isso separo a MPB para estudo de canto para me aprimorar no talento da voz, mas não como edificação. Concordo com o trecho citado da bíblia onde diz "pode de uma mesma fonte sair água salgada e doce?" Acho que o gênero evangélico e o MPB tem seus encantos, mas cada um tem uma iniciativa diferente. MPB é para a área secular. Não sei a qual deus esses autores se referem. Só que tb uso esse julgamento nas músicas evangélicas, pois sabemos que o meio está bastante corrompido.
    Vejo como um radar nosso que deve estar sempre ligado.
    Mas utilizar as letras de origem muito mais duvidosas do que o gospel para louvar a Deus... me soa perigoso dimais..

    ResponderExcluir
  62. nu55 vc é um fanfarrão , ta queimando o filme da5 igreja5 , poe a55unto que intere55a ....

    ResponderExcluir
  63. vc ama o beto guede5 , 5e eplica .....

    ResponderExcluir
  64. Vamos abrir a mente, pessoal!
    Vamos ver se há base bíblica para rejeitar uma música pelo fato de ela não ser considerada sacra.
    O que eu vejo é muita gente aceitando todo tipo de lixo rotulado como evangélico e abominando coisas boas produzidas por cantores de música secular.
    Tem gente rejeitando poesia pra ouvir heresias.

    Eu prefiro ouvir Foi Assim do 14 Bis do que ouvir muitos mantras de Diante do Trono.
    Eu prefiro ouvir Brincar de Viver, de Guilherme Arantes, do que ouvir certas letras do Trazendo a Arca.
    Eu prefiro ouvir MPB do que muitas músicas tidas como louvores a Deus mas que são recheadas de heresias, ofensas ao texto bíblico e centralizadas no homem.
    Pelo menos a MPB exalta o amor, a natureza, a criação e bons sentimentos.

    No final, a receita é ter um ouvido seleto, seja para músicas chamadas sacras, como para as chamadas seculares.

    Quer ouvir música cristã de verdade? Procure Stênio Marcius no Youtube.
    Procure Grupo Logos.
    Procure João Alexandre.
    Procure o grupo Frutos do Espírito.
    Tem mais gente boa, mas a maioria dos que estão em evidência são mercenários.

    ResponderExcluir
  65. Ia me esquecendo.
    Leiam o livro É PROIBIDO: O QUE A BÍBLIA PERMITE E A IGREJA PROÍBE. Autor: Ricardo Gondim.


    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  66. Oieee!!!
    Meu nome é Bianca!
    Hoje foi a primeira vez que entrei neste blog, comecei aler sobre este tópico!
    Confesso que estou impressionada como um tópico lançado em Outubro do ano passado está sendo comentado até hj! rsrs
    .....
    Minha opnião:

    Eu gosto de música BOA! Sou cristã, a igreja onde eu congrego condena "música secular" , mas sinceramente eu ñ me importo!

    Sabe, há um mundo lá fora! Onde pessoas estão protestando´por uma saúde pública melhor, por paz em lugares de guerras, lutando contra o tráfico de crianças e dando a vida para resgatá-las e tantas outras coisas realmente importantes com o que nos preocupar e coisas importantes p/ Deus....

    Nathana, Thiago, Vinícius (e tantos outros...)
    Enquanto tudo isso acontece vcs estão preocupados em nos aprofundar no suprelapsarianismo - o que aconteceu antes do pecado original - e vir aqui criticar um artigo de blog! Daqui a pouco estarão medindo tamanhos de saias e cabelos tb!!!
    AFF!!! Me poupem!
    ..........

    Vale lembrar um antigo ditado;

    "HÁ PESSOAS QUE ENGOLEM UM CAMELO, MAS ENGASGAM COM O MOSQUITO" ....interpretem como quiser rsrs

    PASTOR, GOSTEI DO BLOG!!!
    Uma vez falei em um almoço com algumas irmãs q César Menotti e Fabiano eram crentes de verdade sim! Elas foram contra e me rebateram o almoço inteirinhu... no final do almoço me ofereci para lavar a louça e enquanto lavava Deus me disse: "Cada um paga o preço por ser quem verdadeiramente nasceu pra ser... este é o seu! Mas eu te fiz assim!"
    Nós fomos chamados para acabar com esta geração de repetidores de opniões (sem base bíblica ou com heresias) e levantar uma nova geração de Formadores de Opniões Livres para verdadeiramente adorar ao Senhor em esp´rito e em verdade!
    Deus te abençoe!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  67. Bianca, Seja bem vinda!!!!!!!!! Fique a vontade nesse espaço!

    ResponderExcluir
  68. Li, me contive para não escrever algo.

    Pastor, não serei eu a afrontar você, já fiz isso e o Espírito Santo me orientou a pedir perdão. Mas acredito que boas críticas a determinadas opiniões sem sarcasmos geram bons frutos.

    Me assusta, sinceramente, a coragem dos irmãos em julgar determinados grupos. Ouço e conheço o Diante do Trono, não considero suas músicas lixo ou mantra (a propósito, a pessoa que escreveu isto, já ouviu um mantra, u já saboreou o lixo?). Persiste o seu erro e dos demais em jogar pedras sobre as pessoas; não restrinjo a este tópico.

    Generalizar - o que considero errado -, é condenar inclusive, pastor, aqueles da MPB, que, confusos, produzem músicas para seus deuses...e haja deuses (deus natureza, deus belzebu e tantos outros). Mas exito em prosseguir com relação a esta última inquietação. O que me causa repulsa a sua opinião e a de vários nesta página é a maneira irresponsável de condenar seus, nossos irmãos.

    Irmão que ridicularizou, cite as canções recheadas de heresia do Diante do Trono (por exemplo). Por favor, em sua resposta não me acuse de não entender a letra, porque isso não é verdade. Realmente existe muitas músicas (no mundo GOSPEL e SECULAR tb )com nota "2" em criatividade, em poesia, isso é fato, mas jogá-las no lixo?

    Você, pr. inclusive, enquanto "juiz", já parou para ouvir Tú és a minha coroa, Esperança, Isaías 53, Ainda existe uma cruz, Corpo de Cristo, isaías 40, Rio de Janeiro, Manancial, Isaías 40, Coração igual ao Teu... Todas estas são músicas do Diante do Trono, pastor.

    Todos os que assim não se comportaram, deveriam ter um mínimo respeito pela palavra de Deus,já que estas supracitadas canções são exemplos, de conteúdo extraídos da Bíblia Ipsis litteris.

    Quanto à possibilidade de a melodia ser pobre, a depender do referencial adotado, existe. Mas o que mais existe é a confusão que se faz entre a opção musical particular e a opção das demais pessoas. Entendo que a música que te agrada, pr, é o estilo MPB - a propósito, quem delimita MPB é a elite, não? Então somos condicionados a isto, não?- aquela com melodia suave. Quanto a letra, não vou me estender. Se o sr. e a maioria dos seus discípulos se agradam de beber das composições dos citados e famosos artistas, que "bom" que estas canções te acalmam, relaxam, lhe mostram as mazelas sociais, ampliam seu senso crítico, lhe enchem da "Verdade", exercitam sua mente para decifrar os "vaidosos" enigmas, trocadilhos e metáforas(que tanto valorizam a música na sua opinião).A mim não causa nenhum espanto, ou não me mostram nada além do que vejo. Basta assistir os jornais e ler alguns artigos para verificar isto. Exito a falar de algumas canções de João Alexandre, pasmem: "você não sabe o quanto elas me abrem os olhos...elas me levam a uma consciência crítica tamanha e mudam bastante coisa". Afirmo isto em caráter irônico, porque compor letras sobre crítica ao cenário cristão é muito fácil, aliás, existe um exército de livros dedicados a isto...VENDEm MUITO TAMbÈM.

    JUAN STERFAN - CONTINUA....

    ResponderExcluir
  69. Li, me contive para não escrever algo.

    Pastor, não serei eu a afrontar você, já fiz isso e o Espírito Santo me orientou a pedir perdão. Mas acredito que boas críticas a determinadas opiniões sem sarcasmos geram bons frutos.

    Me assusta, sinceramente, a coragem dos irmãos em julgar determinados grupos. Ouço e conheço o Diante do Trono, não considero suas músicas lixo ou mantra (a propósito, a pessoa que escreveu isto, já ouviu um mantra, u já saboreou o lixo?). Persiste o seu erro e dos demais em jogar pedras sobre as pessoas; não restrinjo a este tópico.

    Generalizar - o que considero errado -, é condenar inclusive, pastor, aqueles da MPB, que, confusos, produzem músicas para seus deuses...e haja deuses (deus natureza, deus belzebu e tantos outros). Mas exito em prosseguir com relação a esta última inquietação. O que me causa repulsa a sua opinião e a de vários nesta página é a maneira irresponsável de condenar seus, nossos irmãos.

    Irmão que ridicularizou, cite as canções recheadas de heresia do Diante do Trono (por exemplo). Por favor, em sua resposta não me acuse de não entender a letra, porque isso não é verdade. Realmente existe muitas músicas (no mundo GOSPEL e SECULAR tb )com nota "2" em criatividade, em poesia, isso é fato, mas jogá-las no lixo?

    Você, pr. inclusive, enquanto "juiz", já parou para ouvir Tú és a minha coroa, Esperança, Isaías 53, Ainda existe uma cruz, Corpo de Cristo, isaías 40, Rio de Janeiro, Manancial, Isaías 40, Coração igual ao Teu... Todas estas são músicas do Diante do Trono, pastor.

    Juan Sterfan---- CONTINUA...

    ResponderExcluir
  70. Todos os que assim não se comportaram, deveriam ter um mínimo respeito pela palavra de Deus,já que estas supracitadas canções são exemplos, de conteúdo extraídos da Bíblia Ipsis litteris.

    Quanto à possibilidade de a melodia ser pobre, a depender do referencial adotado, existe. Mas o que mais existe é a confusão que se faz entre a opção musical particular e a opção das demais pessoas. Entendo que a música que te agrada, pr, é o estilo MPB - a propósito, quem delimita MPB é a elite, não? Então somos condicionados a isto, não?- aquela com melodia suave. Quanto a letra, não vou me estender. Se o sr. e a maioria dos seus discípulos se agradam de beber das composições dos citados e famosos artistas, que "bom" que estas canções te acalmam, relaxam, lhe mostram as mazelas sociais, ampliam seu senso crítico, lhe enchem da "Verdade", exercitam sua mente para decifrar os "vaidosos" enigmas, trocadilhos e metáforas(que tanto valorizam a música na sua opinião).A mim não causa nenhum espanto, ou não me mostram nada além do que vejo. Basta assistir os jornais e ler alguns artigos para verificar isto. Exito a falar de algumas canções de João Alexandre, pasmem: "você não sabe o quanto elas me abrem os olhos...elas me levam a uma consciência crítica tamanha e mudam bastante coisa". Afirmo isto em caráter irônico, porque compor letras sobre crítica ao cenário cristão é muito fácil, aliás, existe um exército de livros dedicados a isto...VENDEm MUITO TAMbÈM.

    Mas sabe o que não vende pastor e irmãos?

    A coragem de fazer diferente, a coragem de amar e ajudar os fracos. A coragem de ser um pastor íntegro, a coragem de ser cristão na faculdade, no secreto, de compor, simplesmente compor canções, não importa se de fraco conteúdo, de um ritmo desagradável. Coragem de fazer melhor e não apenas criar um blog tão superficial até onde li.

    Pastor Márcio e irmãos, estou sinceramente cansado dos fariseus. Enquanto o Diante do Trono, herege grupo para muitos, cantam o que para vcs é mantra, eu consigo ouvir Deus falando comigo, sem distorcer a Sua Palavra - leio com frequência a palavra de DEUS - e muitos são abençoados também.

    Vamos apontar menos, criticar menos e fazer mais?

    A propósito ainda, conte as vezes em que Jesus condenou nossas posturas e quantas vezes ele exalou amor e quantas nos aconselhou!

    Só uma outra coisa: Não vamos comparar nossos tesouros com a música secular no sentido melódico. É injusto, no mínimo, pelo fato de que há muitos séculos o mundo produz músicas com todo o repertório e técnicas. Nós evangélicos ainda estamos iniciando a jornada de produção com todo os recursos disponíveis, porque antes acreditávamos que a guitarra e outros instrumentos eram do inimigo.

    Agora, antes que o sr. ou os senhores venham estender este raciocínio em seu favor, não confundam a superficialidade do intelecto humano com as experiências pessoais com DEus; tampouco o fato de Raul Seixas e etc. terem, hipoteticamente, sido usados por DEUS para compor verdades com a unção e a aprovação de DEUS.

    Um forte abraço, e prometo não juntar este blog em alguma medida irresponsável - ao atentar para generalização.


    JUAN STERFAN

    ResponderExcluir
  71. Mas sabe o que não vende pastor e irmãos?

    A coragem de fazer diferente, a coragem de amar e ajudar os fracos. A coragem de ser um pastor íntegro, a coragem de ser cristão na faculdade, no secreto, de compor, simplesmente compor canções, não importa se de fraco conteúdo, de um ritmo desagradável. Coragem de fazer melhor e não apenas criar um blog tão superficial até onde li.

    Pastor Márcio e irmãos, estou sinceramente cansado dos fariseus. Enquanto o Diante do Trono, herege grupo para muitos, cantam o que para vcs é mantra, eu consigo ouvir Deus falando comigo, sem distorcer a Sua Palavra - leio com frequência a palavra de DEUS - e muitos são abençoados também.

    Vamos apontar menos, criticar menos e fazer mais?

    CONTINUA -- JUAN

    ResponderExcluir
  72. À propósito ainda, conte as vezes em que Jesus condenou nossas posturas e quantas vezes ele exalou amor e quantas nos aconselhou!

    Só uma outra coisa: Não vamos comparar nossos tesouros com a música secular no sentido melódico. É injusto, no mínimo, pelo fato de que há muitos séculos o mundo produz músicas com todo o repertório e técnicas. Nós evangélicos ainda estamos iniciando a jornada de produção com todo os recursos disponíveis, porque antes acreditávamos que a guitarra e outros instrumentos eram do inimigo.

    Agora, antes que o sr. ou os senhores venham estender este raciocínio em seu favor, não confundam a superficialidade do intelecto humano com as experiências pessoais com DEus; tampouco o fato de Raul Seixas e etc. terem, hipoteticamente, sido usados por DEUS para compor verdades com a unção e a aprovação de DEUS.

    Um forte abraço, e prometo não juntar este blog, em alguma medida irresponsável ao atentar para generalização- na minha lista de críticas dispensáveis ao crescimento do evagelho.

    Não sou alienado, apenas "cansado" de tanta hipocrisia.

    JUAN STERFAN

    ResponderExcluir
  73. AO PASTOR MÁRCIO:
    Obrigada pelas boas vindas =D !!! FAVORITEI seu blog, estarei sempre auqi pentelhando hehe

    AO JUAN STERFAN...
    Eu ñ li toda a sua opnião, mas boa parte dela... acho que a questão não é o que vende ou não... hipocrisia é dizer que certas 'músicas seculares" não adoram ao nome de Deus e por isso q ñ podemos/seria pecado ouvi-las, sendo que várias músicas gospel também ñ adoram ao nome de Deus, elas consolam ao nosso coração, ou é uma petição, um certo "me dá, me dá minha benção!" .... Sobre o DT eu admiro muito o trabalho deles. O DT é um dos poucos ministérios de louvor que a maioria das músicas são realmente voltadas á "adoração" a Deus, mas ñ podemos negar que existem algumas heresias em algumas letras, não só do DT, mas de tantos outros minist. de Louvor.....

    PERGUNTA AO JUAN:
    Conhece o ministério do missionário antônio cirilo? aquele que compos "Poderoso Deus", "Jesus meu primeiro amor" entre tantos outros louvores super abençoados?
    Pois pasme, rsrs, conheço o tecladista dele, e eles tiram a maioria das melodias de uma banda inglesa chamada Coldplay que é "secular"...

    COMENTÁRIO FINAL:
    Genteeee, sei que muitos poderão me criticar, mas existe uma coisinha chamada "pecado cultural", ex: aqui no brasil podemos tomar café, mas é pecado tomar cerveja. Na alemanha os cristãos podem tomar cerveja, mas é pecado tomar café!
    Aquilo que realmente é pecado na bíblia, não importa a sua localização no globo terrestre, é pecado e pronto acabou! Mas tem coisas que apenas fazem parte da nossa cultura, mas enfim...
    como diz Paulo "Aquele que come não critique o que não come, aquele que não come não critique ao que come.... mas que façamos todas as coisas para a glória e honra de Deus!

    Fikem na Paz do Senhor!!!

    ResponderExcluir
  74. Valeu pelas dicas!Música de qualidade sempre edifica.O pior é que se algum irmão da minha igreja ver eu escutando MPB vai pensar que eu desviei /tenso\ rsrs.

    ResponderExcluir
  75. acho que alguns não entenderam o texto do pr. pois não se fala em ser pecado ou não ouvir músicas seculares. O que está sendo colocado por ele é que essas músicas o EDIFICAM, gostaria que o pr. explicasse a todos nós (não tão exclarecidos)o que é edificação.

    ResponderExcluir
  76. Bom, opiniões e opiniões. FATO: Respeito todas, mas não concordo com todas.
    Li aqui que Deus usa quem Ele quer. (Graças a Deus por isso), mas o diabo usa quem lhe dá brecha.
    Sou pastor de jovens, e não aconselho de forma alguma ouvirem música secular. Não generalizando, mas qual a parte do autor com as coisas de Deus? Vemos muito, músicas que falam do 'amor'. Aleluia!!! Mas por vezes vemos o fundamento do 'amor', e muitas vezes vemos homens fazendo músicas de 'amor' para outros homens, mulheres, enfim.
    Sei que hoje tem muita coisa 'não audível' no meio cristão, mas prefiro me apegar as coisa boas e edificantes.
    A música tem muita influência sobre quem escuta(me recordei das matérias a respeito rsrs - momento saudosismo), eu particularmente, qdo escuto músicas seculares, me recordo de onde Deus me tirou, pois cheiram a exaltação do homem, da natureza (não por Deus tê-la criado)e de outros fatores que não me edificam e nem louvam a Deus.
    Deus nos abençoe, apesar de não concordar, parabéns pelo belo blog Pr. Márcio.

    ResponderExcluir
  77. Fim dos tempos ... simples.

    ResponderExcluir
  78. "O céu pagará qualquer prejuízo que possamos sofrer para ganhá-lo; mas nada pode pagar o prejuízo de perdê-lo." [Richard Baxter]

    Um dos Mais conhecidos puritanos, exenmplo de pastor e suas obras, que não foram feitas por homens, mas pelo próprio Espirito de Deus, o que faz com que seu nome seja conhecido centenas de anos depois de sua morte, é um dos nossos grandes exemplos de liderança e pastorei de almas, que certamente se espelha com a liderança e o pastoreio do Grande Pastor Jesus.

    Gosto muito do que ele Diz, e Gosto do que a Biblia diz sobre tais coisas, e ela diz muita coisa, e devo entender tudo com todos os panos de fundos contidos em cada ensinamento. Não vou citar nenhum versiculo pq creio que todos acharão que meus fundametos serão apenas estes. Portanto, Glorifico a Deus conforme entendo, e sei que custa bem caro segui-lo. Tal preço é até inimaginável, e nós, nos preocupamos em debater futilidade como estas...

    Minha oponião: Não curto nenhuma, apesar de algumas terem uma boa letra e melodia, sou musico e entendo bem isso. Mas antes de ser músico prefiro dar-me por completo a Deus. Se vc curte, problema é seu. É como o milênio, será antes ou depois da tribulação? Tantas Teorias.. gosto do que Paul washer Diz: "Qd chegar o dia vc vai saber". Assim sendo, me preocupo mais em viver o que está na minha mente. Queremos ser todos Brilhantes, mas eu me conheço, e seu que não sou. Vcs tb se conhecem, e se acham que existe algo de bom em vcs para se auto-justificarem, problema é de vcs. Como dizia Tozer: "se as pessoas soubessem quem eu sou de verdade, não daria honras a mim, dariam a alguém mais digno". Quem não conhece o Trabalho de A.W.Tozer? Olha o que disse de si mesmo. Vamos falar de Cristo, de como ir até ele, de como se entregar a ele, de ser salvo, e não do que deus gosta ou deixa de gostar! Quem conheceu o coração de Deus para afirmar isso?
    Sabe essa coisa de Graça Comum, que pra mim é desculpa pra não deixarmos tudo que temos, e que gostamos e que achamos confortável a ao dentro de nós, ela vem sim sobre todos, e está sobre todos, assim como o ar está para todos, mas nem todos a compreendem, nem todos... Ninguém é santo ou deixa de ser pecador por causa apenas da graça. De Graça, a graça já está posta, mas se vc não vir a Cristo, a graça pra vc é inutil, ela te condenará, pois como diz, Paulo: Como podemos negligenciar tamanha salvação?

    Portanto. tenho comigo isto: "O céu pagará qualquer prejuízo que possamos sofrer para ganhá-lo; mas nada pode pagar o prejuízo de perdê-lo." [Richard Baxter]

    O resto pra mim é lixo... Eu era um lixo, estava no lixo, vim do lixo, e não quero lixo... PS: Lixo não e igual música, antes que os defensores me acusem de fundamentalistas.

    Sirva a Deus com o teu coração. Que a Paz de Cristo seja o Juiz no coração de todos vcs.

    Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de BOA FAMA, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8

    @walterkano

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.