quinta-feira, 16 de julho de 2009

Pastor confessa: Eu sou mesmo um herege!



Estive pensando esses dias sobre algumas pedradas que levei nos comentários do blog. Sou um cara que sinceramente velo pela liberdade de expressão e pela crítica construtiva. Não modero comentários, não refuto de birra. Mas tem algumas coisas hoje em dia que eu não consigo me acostumar? Eu devo ser um herege e não sei...rs...
Porque as pessoas tem tanta dificuldade com coisas simples de se entender? Ouvir música “secular” por exemplo. As pessoas sempre tendem pro pior, como disse meu amigo Sandro. Pensam em funk, pagode, axé e outras coisas. Mas onde ficam as letras de Renato Russo?, Onde fica a genialidade de Marcelo Camelo? A loucura genial e inovadora do Teatro mágico com a poesia de Fernando Anitelli?
E quando a questão é com relação forma de se vestir e de enfeitar o corpo? Somos extremamente preconceituosos com isso. A única prerrogativa que deve ser aceita nesse assunto é a da decência. O resto, posso listar pra você aqui dezenas de casos que deixariam os mais radicais em cólicas. Os tatuadores de Cristo, esses homens oram mais do que eu e vc juntos! Os motoclubes cristãos, que reúnem milhares de adeptos que ouvem rock n´roll e desfilam suas tatuagens e piercings pelas ruas da cidade, evangelizando gente que você não teria coragem nem de se aproximar. A galera do Bola de neve, surfistada, praticantes de jiu jitsu (salve Guto Vicente, meu irmão), cabelos com dreadlocks, regueiros, só doidos por Jesus.
Heresia é o banho de sal grosso, o sabonete de arruda, a água do rio Jordão, a campanha dos 7 reais, a construção da obra faraônica Terra nova, os 318 pastores, as promessas não cumpridas em rádio e tv, as curas do Benny hinn, as visões do Kenneth Hagin, a unção da galinha, do leão, do riso, o anjo do dedo de ouro e etc... se essa turma que anuncia essas coisas, vai pro céu... hahahahaha eu também to no barco! Se esses caras que cometem essas barbaridades em nome da fama e da prosperidade estarão com Deus, qualquer um estará. E não me venha com esse papo de que haverá “surpresas”...
Para fechar quero dizer que se assinar embaixo dessas pessoas/práticas que citei acima é ser herege, confesso, sou o maior de todos eles! E quem estive de acordo, assine embaixo um belo abaixo assinado com um comentário! E quem não estiver, justifique-se! Mas sem distorções hein! Só vale o evangelho puro! Ah, pensei melhor, perto desses caras, até o diabo deixa de ser herege!

25 comentários:

  1. Concordo com o senhor Pastor.
    Os muitos que criticam certos aspectos da contextualização não abrem seus olhos para suas p´roprias heresias ou dos pastores/denominações que idolatram.

    Quando o método é Jesus + alguma coisa, EU NÃO APROVO.

    É preciso coerência, honestidade e submissão à Palavra, do contrário, o método é falho e não leva a nada.

    São questões polêmicas que muitos não se metem a discutir. Continue firme, não se deixe abalar pelos apelos dos ''crentes'' - eles são mt esquisitos.


    Sugestão para um próximo post: o vinho; é lícito beber? qual a diferença do vinho da época bíblica para o atual? deve o cristão beber socialmente? ou para fins de saúde?

    um abraço do amigo
    Brunno

    ResponderExcluir
  2. Penso que a turma critica de plantão julga a arte pela vida pessoal dos compositores seculares, eu particulamente quando a critica é destrutiva prefiro silenciar, agora se for para auxiliar estou presente, somos diferentes, apenas sejamos obedientes ao SENHOR, não excluamos ninguém, nem nada que não esteja fora da palavra de DEUS, não critique, auxilie, querido pastor Márcio tens emoção pois humano és, mas não se abale, siga em frente e que JESUS te inspire cada vez mais dentro de uma simplicidade inteligente.
    Abraços, Gilbert Raposo um aprendiz em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  3. Pastor, gostei muito dos primeiros parágrafos, mas no final do texto tive a impressão de que o mesmo ficou ambíguo e um tanto obscuro. Afinal de contas, dessa galera ``herege`` o senhor é contra ou a favor? Concorda com as ideias deles - Hagin, Benny Hinn, Terra Nova, etc?

    Louvo a Deus porque Ele está levantando uma geração de cristãos que vão muito além da capa.

    Deus abençoe.

    Júlio.

    ResponderExcluir
  4. Concordo em gênero, número e grau.

    Abraços,

    renato Vargens
    www.renatovargens.com.br

    ResponderExcluir
  5. A paz pastor Marcio. Li com a devida atenção este post e concordo sim em tudo que foi escrito. Só para acrescentar um pouquinho, e se Jesus viesse pela primeira vez hoje, e se nós vissemos o senhor Jesus na porta de um prostíbulo diálogando com aquelas senhoras, pensaríamos o que disso? Legalistas, é o que nós somos pastor, o acesso ao senhor Jesus é muito fácil, nós é que dificultamos as coisas. Eu sei que este meu comentário vai causar mal estar em alguns irmãos, principalmente os da minha denominação. A paz pastor Marcio.

    ResponderExcluir
  6. Pastor "Nem o SENHOR JESUS agradou a todos" - Ele mesmo era constantemente criticado "chamado de beberrão e comilão". Jesus não está preocupado com costumes ou aparencia ou locais, Ele está preocupoado com as pessoas. Devemos continuar pregando o Evangelho da Salvação e denunciar sim os "mercadores da palavra" que usam da boa fé e da fome espiritual das pessoas para ganhar dinheiro. Veja o exemplo de Jesus nas Bodas de Caná - Ele foi à festa, não se importou se as pessoas bebiam vinho, não se importou com as pessoas de todas as partes da região e suas vestimentas e ainda proporcional o melhor momento da festa com a transformação do melhor vinho que ja haviam bebido na vida. O que importa para Jeus é que as pessoas sejam abençoadas e nós somos os seus instrumentos, para isso o SENHOR nos chamou.

    Que DEUS continue abençoando ao seu servo.

    ResponderExcluir
  7. Julio meu irmão... não concordo com absolutmente nada do que os profetas da prosperidade pregam. Bíblia neles!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Pastor Marcio... o problema é que atualmente as pessoas preferem ser religiosas e não CRISTÃS.
    Infelizmente esqueceram o Ide de Cristo...esta é a verdade

    ResponderExcluir
  9. Bom,

    primeiro deixa eu me identificar...rs

    Pr., sou Diego, seu 'seguidor' no twitter que posta como 'interludio_' (na verdade, o twitter da minha banda).

    Então...

    Posso assinar duas vezes???? hahaha

    Verdade é que precisamos nos preocupar com um evangelho puro, desprovido de nossos achismos e preconceitos...

    Por vezes as pessoas acham que viver uma vida cristã é se revestir da capa do moralismo religioso...

    Não conseguem olhar o antigo testamento com a palavra-chave "Jesus" e seguem a lei mais conveniente à aprovação que precisam para suas atitudes legalistas... Como se Deus precisasse do nosso moralismo para que a graça fosse efetiva...

    A gente olha pra graça e consegue perceber quem somos nós. Daí a gente enxerga que somos muito mais que carne e sangue (tatuados ou não!); muito menos do que pensamos...

    ResponderExcluir
  10. Olá mano
    Gostei muito da sinceridade das suas ponderações.

    Parabéns...

    ResponderExcluir
  11. Ótimo texto, Marcião !

    Tá assinado já, vc sabe né !?

    rsrs


    Abraçoooo.

    ResponderExcluir
  12. Assinadíssimo!

    Também sou herege, e continuo seguindo a Jesus - só e somente!

    Abraços...

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, meu amado Marcio. Estou assinando embaixo...sou herege como vc! Abraço

    ResponderExcluir
  14. Marcio!
    É muita pedrada que levamos! Tem hora que cansa. A hipocrisia toma lugar ao AMOR de Cristo e esta gente segue achando que seus pequenos dogmas, rituais e práticas são a ancora de sua fé. Pior é que é! A fé destas pessoas é tão infantil e pequena que necessita desta carga auto-flagelante para se manter em pé, e na sua morbida pequenez equilibram-se apontando seu dedo pesado para as pessoas.

    Vão tomar um susto grande!

    Danilo
    http://www.genizahvirtual.com/

    ResponderExcluir
  15. PS:

    Voce acredita que ontem um camarada - o mesmo - fez 32 comentarios em meu blog. Um por post. Todos lendo e esculachando... De onde vem este odio...
    Vai o convite: Topa fazer um artigo sobre isto la para o Genizah.
    Deixa um coment lá ou me manda e-mail

    ResponderExcluir
  16. Mais um herege comentando!!!!parabens!!!

    ResponderExcluir
  17. Mais uma herege concordando e assinando...

    ResponderExcluir
  18. Também gosto de prostitutas! uhuu...

    ResponderExcluir
  19. Assinado.

    Amei o post e achei q o Diego Marins completou com chave de ouro o q vc disse.


    Abçs a todos.

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. "Não sou contra nem a favor, muito pelo contrário", mas uma coisa me chamou atenção:

    Se só vale o Evangelho, faltou o Evangelho na postagem.

    Efim, penso o seguinte: Se para ser cristão esses caras precisam do rock (por exemplo) então não são cristão e sim rockeiros. Agora se o rock em suas vidas for, além de um gosto musical, uma forma estratégica de alcançar rockeiros, ai sim, é Deus agindo.

    Na igreja onde congrego temos um trabalho com metaleiros e isso é bastante comum. A maioria deles, se for tirado o rock, deixa de servir a Cristo, o que já aconteceu uma vez, pois esse trabalho iniciou-se após o fechamento de um outro em minha cidade.

    Quando este outro trabalho cessou, aqueles que antes eram cristãos rockeiros retornaram ao mundo pois não tinham mais uma igreja que apoiasse tal ministério. Quando abrimos o nosso foi na esperança de alcança-los e, através da palavra liberta-los dessa idolatria.. mas tem sido muito dificil...

    Mas já posso contar tres deles que, independente do rock, serviriam a Jesus até mesmo com pagode!

    Por isso o trabalho não cessa... pois de alguma forma devemos sempre trabalhar para que alguns se salvem, mesmo que poucos.. é o que Paulo faria... eis o Evangelho de Cristo.

    ResponderExcluir
  22. Aleluias, encontrei um irmão-parceiro, mesmo que em nossos entendimentos possam ter algumas divergências, louvo a Deus por tua vida.
    Continue pregando a harmonia e unidade e não se espante com meu blog; as vezes pego pesado em defesa do Evangelho, puro e simples mas não com essa maestria de palavras que lhe é peculiar.
    A doce paz de Jesus.

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.