sexta-feira, 6 de agosto de 2010

A Bíblia incentiva o uso de bebidas alcoólicas?

Pergunta:
Pastor, em provérbios 31. 6-7, diz:

"Dai bebida forte aos que perecem e vinho, aos amargurados de espírito; para que bebam, e se esqueçam da sua pobreza, e de suas fadigas não se lembrem mais."

Seria esse versículo um incentivo para usar bebidas álcoolicas ou o cristão não pode usar bebidas álcoolicas? Existe base bíblica para isso?

______________________________________________________________________________

Resposta:
Querido, Não é um incentivo a beber, mas quando ele fala de bebida forte aos que perecem, é no sentido de amenizar a dor dos doentes terminais já que na época a medicina era limitada. E quanto ao vinho, Salomão via como uma bebida que traria alegria ao desconsolado. Mas a alusão que deve ser feita é ao vinho novo do Novo testamento entende? Jesus é esse vinho novo que da vida aos amargurados e levanta o prostrado.

Quanto ao cristão poder ou não beber, a Bíblia é cheia de citações a respeito do vinho (fermentado), e nas festas eles usavam esse vinho e não mosto. Portanto, o crente pode beber sim, mas não pode embriagar-se. No caso dos dependentes químicos, não é bom que eles coloquem uma gota de álcool na boca pois isso poderia significar a ruína deles. Moderação é tudo!

5 comentários:

  1. Muito bom o artigo, mas, faria apenas algumas correções:
    1: "crente pode beber sim, mas não [deve, e não é bom para ninguém, exagerar na dose]"
    2: "a alusão que deve ser feita é ao vinho novo do Novo testamento" acho meio 'forçação' de barra isso aqui, já que não há mensão no Novo Testamento de Jesus como sendo um "Novo Vinho"... Mas ele é, de fato, quem pode e deve servir como fortaleza em dias de angustia, consolo na tribulação.

    Pesquisei sobre "Jesus como sendo um 'Novo Vinho'" bíblia e de fato não há esse tipo de referencia. O mais próximo fica em Marcos 14:25 ("Eu lhes afirmo que não beberei outra vez do fruto da videira, até aquele dia em que beberei o vinho novo no Reino de Deus."). No texto é Jesus quem fala que Ele não beberá mais vinho em sua vida na terra, mas somente, "vinho novo", nos céus.

    De fato, pelo texto, Jesus não poderia ser dito como o vinho ao que se refere, visto que é ele mesmo quem fala que beberá do "vinho novo" nos céus. Entendo eu que Ele terá uma nova forma de consolo para as suas próprias amarguras de espírito - em referência à crucificação que estava por vir, talvez - em alusão ao texto de Provérbios 31:6-7, que diz "Dai bebida forte aos que perecem e vinho, aos amargurados de espírito". De certa forma, era isso que ele fazia, já que estava para perecer, com o sentimento de amargura pela traição que estava por vir e se sentindo desamparado, já que gritou "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?". Bom, é isso... A Paz!

    ResponderExcluir
  2. Resposta clara e sem hipocrisia.

    Adorei! É assim que a gente cresce... e amadurece.

    Um grande abraço, Pastor.

    ResponderExcluir
  3. Interessante, há textos que deixam claro que a utilização do álcool é proibido pelo simples fato de ser veneno. Deus sabe distinguir exatamente o que bom e ruim para nós. Prov. 20:1 - 23:31-33 - habacuque 2:5.
    Porque tomar vinho corrompido pelo venenoso álcool ao invés de tomar o puro suco do fruto da videira que Jesus tomou em sua última ceia, simbolo de seu sangue incontaminado.

    Parece que o relativismo se tornou uma constante do cristianismo.

    ResponderExcluir
  4. Bem, se não ta claro que Jesus tomou vinho, e que Paulo recomendou vinhoa timóteo e que a ceia era com vinho (motivo de haver gente bebada na ceia) então esse mosto era do bom hein...

    ResponderExcluir
  5. Passei para conferir suas ótimas postagens e te propor uma parceria,
    que tal ter uma Rádio Abençoada aqui no seu Blog,
    tocando 24 hs louvores e mensagens edificantes...
    acesse o nosso blog e confira nossa programação:
    http://radiopentecostal.blogspot.com

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.