sexta-feira, 23 de julho de 2010

Urgente: Site prega a favor da pedofilia.


É isso mesmo que você está lendo. O NAMBLA.ORG é um site que incentiva a relação sexual entre adultos e crianças. Os propósitos do site e da organização que nasceu inspirada numa comunidade gay e que proaga os valores gays são os seguintes:

# Compreensão e apoio para a construção de tais relações;
# Educar o público em geral sobre a natureza do homem, o amor benevolente menino/adulto;
# Cooperando com gays, lésbicas, feministas e outros movimentos de libertação;
# Apoio à libertação de pessoas de todas as idades do preconceito e da opressão sexual.

Existe coisa mais patética e descabida? Não sou moralista, mas aceitar site própedofilia já é demais. O NAMBLA é uma afornta aos valores cristãos e a intiuição familiar. É um golpe duro em quem luta diariamente por um mundo melhor e que sabe da atrocidade gerada por esse tipo de crime.

Quem puder, encaminhe esse artigo ao senador Magno Malta, ou divulgue em seus blogs para alertar quantas pessoas pudermos sobre o caminho que a humanidade está tomando. É preciso fazer alguma coisa, denunciar pelo menos, para que daqui a pouco não tenhamos o NAMBLA BRASIL.

E no mais, tudo na mais santa paz!

OBS: A figura usada no post é um banner da NAMBLA dizendo que não há prazer maior do que "apertar" um garotinho, um trocadilho com "garotinho apertadinho".

17 comentários:

  1. Um absurdo. Estou chocada. Jesus, volta logo!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Pr. Márcio!

    Creio que divulgar a NAMBLA daria só mais visibilidade a um tipo de organização que nem no EUA tem alguma expressividade e é monitorada pelo FBI. Pela constituição americana ela não é ilegal, mas em vários outros países do mundo ela seria. Fica óbvio que é só uma fachada para uma rede de abusadores...

    Acho muito válido divulgar o seguinte, que encontrei pela internet:

    A ILGA - International Lesbian and Gay Association (Associação Internacional de Gays e Lésbicas) foi associada da NAMBLA até 1994. E só deixou de ser por pressão da ONU quando alcançou o status de membro consultivo e ainda sim por uma ameaça de corte de verbas na casa dos milhões por parte do senado americano.

    Acho que seria um interessante uma postagem sobre isso, já que certos órgãos de defesa dos homossexuais se dizem tão íntegros, éticos e familiares. Não é isso que mostra o históricos de uma das maiores associações de defesa dos gays...

    Acho que valeria um post!

    Abração, fica na Paz!

    ResponderExcluir
  3. A coisa tá séria. Jovens cada vez mais jovens estão aderindo ao homossexualismo. A família sendo atacada. As novelas de TV ensinando toda sorte de maldade.

    Não é ser moralista, mas buscar um caminho onde a verdade e valores prevaleçam.

    ResponderExcluir
  4. Pastor Márcio, coloquei essa postagem no meu blog e acrescentei uma postagem de 2005 do pastor Júlio Severo, sobre esse mesmo site.

    Ai esse tempo que não passa... Jesus, volta logo.

    ResponderExcluir
  5. Pessoalmente, prefiro não divulgar esses endereços (as razões para isso dariam um post inteiro).

    Acho mais eficaz consultar e deixar a sua opinião na WOT (Web of Trust). Veja:

    http://www.mywot.com/pt-br/scorecard/nambla.org

    Aliás, recomendo enfaticamente inscrever-se na WOT e instalar o plugin deles no seu navegador, não só para poder votar e dar a sua opinião, mas, principalmente, para receber um aviso "este site tem má reputação" antes mesmo de clicar no link.

    Falar dessa gente é perda de tempo. A NAMBLA - North America Man-Boy Love Association (Associação Norte-Americana pelo Amor entre Homens e Meninos), cujo nome já embrulha qualquer estômago minimamente são, está em decadência (na prática, não posso dizer nada, mas na internet é certo que estão fora do ar).

    Nos EUA, os provedores deletaram a conta e os puseram numa lista negra: nenhum provedor os aceita; tentaram se abrigar na Suécia de onde foram devidamente expulsos e, ao que parece, não encontraram mais abrigo em lugar nenhum... clicar no link dá erro 404 - Página não encontrada (Glória a Deus!).

    ResponderExcluir
  6. Complementando: a "morte" (ou pelo menos internação na UTI) da NAMBLA ocorreu em 2005.

    Em 2003, o FBI conseguiu infiltrar um agente que subiu até a cúpula da NAMBLA. A partir de suas investigações, em 2005 foram feitas várias prisões e a organização sumiu ou entrou praticamente na clandestinidade.

    Detalhes (em inglês) no Google:
    http://www.google.com/search?q=NAMBLA+FBI

    Mais interessante do que os detalhes sórdidos é a entrevista (testemunho) do agente infiltrado: cristão, heterossexual, tendo que se disfarçar de pedófilo gay... Com toda a franqueza, respeito-lhe a coragem e sangue frio em nome de uma boa causa, mas não sei se eu suportaria um único dia na função.

    ResponderExcluir
  7. OOOOPS! Por lamentável confusão minha ao fazer login, meus comentários saíram como Rede Metodista Confessante, um blog que administro .

    Meu nome é Guilherme R Basilio e, nos comentários, falo em meu nome pessoal e não no da Rede Metodista Confessante.

    ResponderExcluir
  8. O sr. deve ter boas intenções, mas sua denúncia está atrasada em, no mínimo, cinco anos.

    Maya

    ResponderExcluir
  9. Conheço a NAMBLA faz esse tempo, mas se vc não sabe, ela não foi desamantelada e voltou a propagar a pedofilia gay com toda força, mesmo depoisd e baques em sua liderança... esse foi o motivo de postar esse artigo

    ResponderExcluir
  10. olá Marcio, seu texto já foi encaminhado para o Senador Magno Malta. Sou do Es e tenho acesso e ele.
    abraços e que Deus continue te usando.

    ResponderExcluir
  11. Gente vcs precisam aprender a dialogar mais com as informações...

    Bem, não vou dizer que eles estão certos ou errados, vou apenas salientar que eles não são a favor de abusos sexuais contra crianças e sim de relacionamento CONCENSUAL entre jovens e adultos, homossexuais ou não. Eles defendem que o jovem é capaz de tomar decisões e que não devem ser limitados somente pela sua idade e isso não é pedofilia, não tem nada a ver com atração patológica por crianças pré-púberes!

    E estão amplamente baseados na história da humanidade onde crianças reinavam e se casavam normalmente, participavam da vida pública de uma maneira mais ampla. A maioridade judaica, por exemplo, se dá aos 13 anos, idade considerada de criança por quase todo o mundo! Mesma coisa que afirmar que uma pessoa de 17 anos não saiba o que está fazendo quando se relaciona com uma pessoa mais velha... é subestimar demais o raciocínio delas.

    agora, como em todos os meios existente, sempre haverão os que se aproveitam das circunstancias para fazer a coisa errada, é aí que está o perigo, os verdadeiros pedófilos se aproveitam... da mesma forma como um assassino se aproveita de uma faca de cozinha pra matar alguém.

    ... já to até vendo gente me chamando de pedófilo...

    ResponderExcluir
  12. * sempre haverá, pequena correção!

    ResponderExcluir
  13. hahahah Vitorino, vc chegou no auge do relativismo agora... ta aprendendo isso com quem cara? defender a NAMBLA?

    ResponderExcluir
  14. Não foi bem uma defesa que fiz, mesmo pq os casos de pedófilos dentro desta organização são reais e devem ser realmente combatidos, porém só estou dizendo que existe uma revindicação legítima que não estão sabendo diferenciar, dentro de toda essas denúncias...

    o relacionamento CONSENSUAL, ou seja, de COMUM ACORDO ENTRE AMBAS AS PARTES, é uma revindicação justa por mais que incomode a todos nós.

    veja bem que não estou falando de sexo entre uma criança de 1 ano e um cara de 30... Mas estou falando sim de um jovem de 15 anos que escolhe tal relacionamento. Minha avó por exemplo fugiu de casa aos 13 anos para ir morar com um cara de 25 (ela era do interior do maranhão e lá dizia-se ela tinha sido "roubada" =]) e permaneceu "casada" com ele por anos (a diferença de idade entre minha avó e minha mãe era de 14 anos somente) e minha avó comentava que sabia bem o q estava fazendo e nunca se arrependeu disso... isso tbm não quer dizer que todas as crianças têm tal discernimento, compreendo isso, mão tbm não é simplesmente impedindo todos que se pode construir uma consciência única...

    Cara, dizer que jovens não fazem sexo e que são inocentes simplesmente por serem menor de idade é ridículo, além de acontecer casos por exemplo de um de 17 não poder se relacionar com um de 19 pois é contra a lei... ou casos de assassinos que não podem ser julgados pq só têm 17 anos?!?!?! Vai me dizer que ele não sabia o que fazia?!?!

    eu acho que tratamos demais os jovens como debilóides incapazes de tomar suas proprias decisões e isso precisa ser revisto sim...

    ResponderExcluir
  15. O menino mostrado no cartaz da organização homo-pedófila NAMBLA tem, obviamente, bem menos de 13 anos.
    O garoto "apertadinho" com quem os gays da NAMBLA querem se deliciar é um menino de cerca de 5 anos de idade.
    Que tal?
    Mais um "direito" reivindicado pela exigente e intolerante militância gay.
    E não ouse discordar dos chiliquentos ativistas gays, pois discordar deles é "homofobia" (pecado gravíssimo, segundo os donos da nova verdade politicamente correta).
    Além do mais, o KIT GAY do MEC vem aí, pra ser aplicado na criançada na escola e facilitar o trabalho das organizações gays similares à NAMBLA. E, de brinde, tome PLC 122 pra calar a boca, intimidar e mandar pra cadeia qualquer um que se atreva a contrariar a militância gay.

    ResponderExcluir
  16. Seria perda de tempo discutir,aqui, Teologia Bíblica, apenas para diferenciar "valores cristãos" e "seguimento de Cristo", pois pelo que pude perceber, os comentadores desconhecem tal disciplina teológica.

    Assim como desconhecem sobre o assunto Pedofilia, tão complexo e que requer debruçamento.

    Um conhecimento sobre Psicologia, Jurisdição, Filosofia, Sexualidade, Sociologia, História, Psicanálise e, porque não, Informática, ajudariam bastante na hora de usar da palavra.

    O mundo é grande...

    Mas talvez valha a pena indicar algo.

    Acesse:pedofiliasim.blogspot.com

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.