sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Manifesto contra atitude de André Valadão.

Pastor André Valadão,

Em primeiro lugar, quero dizer que admiro seu trabalho enquanto ministro e não duvido de forma alguma de sua fé. Mas quero através deste, manifestar minha tristeza contra a ação que você moveu contra o pastor Olivar. Não sou partidário dele nem seu, apenas estou colocando aqui meu pesar por ver irmãos levando a litígio algo que poderia ser resolvido "em casa".


Não vi nada demais nas colocações do Olivar, mas você se ofendeu e tem direito de se ofender, porém creio que o fórum onde isso deveria ser resolvido não é a justiça comum. Pastor André, retire essa ação, converse com o Olivar e acertem a vida, não é bom que o Reino esteja dividido por tão pouco.

Esse manifesto é encabeçado por mim, Márcio de Souza, mas apoiado por muitos irmãos que me pediram que eu viesse a você amorosamente e em caráter reconciliador. Pastor André, você pode mais que isso, pode mostrar a todos que é maior do que uma suposta ofensa e creio de verdade que seu comportamento mostrará que sua verdade está de acordo com a verdade de Deus. Se não estiver, Cristo trará tudo às claras.

E no mais, tudo na mais santa paz!
Pastor Márcio de Souza

27 comentários:

  1. Deus é amor, mas também é justiça.

    Também admiro o trabalho do Pr. André Valadão, mas ainda assim quando um servo de Deus se levanta contra outro estão deixando de serví-lo para ir de encontro com dois mandamentos do Sr... 'Amar a Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo'...

    Não importa quem começou, pq se começou os dois têm de se resolver para a glória do Sr!


    Enfim, como diz o pr. Márcio...
    No mais, tudo na mais santa paz!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. O pastor acionado na justiça por criticar a atitude ecumênica do Marcio Valadão, não falou nada de mais do blog do cantor. Ele apenas deu uma opinião.

    É realmente muita fraqueza e insegurança acionar judicialmente alguém que discorda. Se o cantor não estivesse preocupado com as opniões dos outros como disse em sua resposta, por que ele está tomando esta atitude anti-cristã?

    É lamentável o que o Márcio está fazendo. É prova cabal de imaturidade.

    ResponderExcluir
  4. Olha pastor o sr poderia ter postado oque o tal de olivar escreveu sobre o pastor André, eu como estudante de direito quase formado, vejo que justiça é para todos independente de religiao se ele se sentiu caluniado, é um direito dele, nao cabe a nos julgar se ele é mais ou menos crente, eesses "crentoes" que estao comentando aqui esqueceram da passagem " NAO JULGUEIS PARA NAO SER JULGADOS ?", acho que so usam a biblia quando lhe convem.. Respeito a atitude do pr Andre Valadão, e ninguem tem o direito de julgar ninguem.

    abraco

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Stéfan, falei de julgamento o que os "irmaos" estao fazendo com o pr Andre Respeito muito a atitude do andre valadao e me posicionei sim contra caluniadores, e pessoas que acham que sao "alguem" para julgar ou opniar a vida dos outros,se ele processou ou seila o que fez ele tem os motivos dele. vamos para de brigar e julgar nossos irmaos, e vamos ganhar esse mundo pra JESUS

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. O que houve afinal?

    Na verdade eu acho que esse post do Pr. Márcio, deveria ser em prol de ANDRÉ VALADÃO, ao invés de MANIFESTO CONTRA, pq no momento que se pede a pacificação, sem meios judiciais, e sim através do diálogo, é bom para todos, ou seja de ambos os envolvidos na confusão.

    Estou adorando esse blog, parabéns Pr Márcio!

    Que de fato tudo fique na paz.

    Amém!

    ResponderExcluir
  9. Lucas 2:14 Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens.

    ResponderExcluir
  10. Prezados, removi meus comentários por ter compreendido de forma errada o episódio.

    Perdão.

    ResponderExcluir
  11. Eu também boiei com a informação pela metade. Nem um link, nem nada. Mas enfim, não lembro (sou humano, admito) se a Bíblia fala de irmão processar o outro, mas não vejo porque não, se a causa for justa. Muita gente se apóia nisso pra subir nas costas dos outros e não ter consequências disso. Pra variar, somos um povo miserável... u.u

    ResponderExcluir
  12. Estou enviando na integra o e-mail que está tirando o sono do André Valadão e acho tudo isso um absurdo e prá mim ambos estão errados. E o André só gosta de elogios essa é a verdade.... ele se acha...
    From: rev.olivar@hotmail.com
    To: naitylala@uol.com.br
    Subject: André Valadão e eu
    Date: Sun, 27 Sep 2009 12:54:35 -0300


    Levando em consideração que as coisas pelo visto tomarão um rumo indesejado, pois, o que eu queria era tão somente expor minha opinião, mas, o Pr. André Valadão não viu as coisas da mesma forma, e decidiu me processar judicialmente...
    Decidi colocar tudo num só e-mail para que todos vejam e cada um tire a sua conclusão se isso for do interesse de alguém.

    1ª Mensagem (Pr.Olivar - postada no blog de André Valadão em 19/09/2009)

    "Pr. André. Fiquei me questionando o que de fato foi o foco desse evento. Antes, é importante definir o que é um "foco". Creio ser algo que fica em evidência. neste exato momento com toda sinceridade de meu coração tento encontrar o foco desse evento. Encontrei: vocês. Sei que vivemos uma época em que a tolerância deve ser praticada, embora veja que os profetas de Deus sempre foram taxados de intolerantes (Acabe que o diga!), e nem por isso se intimidaram ou cederam à pressão da moda do momento. Estou também me perguntando sobre "o que realmente une" uma banda católica e um cantor evangélico no mesmo palco (antes eram púlpitos). E antes que me venham com essa conversa de que o que vale é a intensão do coração, já vou dizendo que boa intensão não muda a vontade de Deus. Davi teve boa intensão ao trazer a Arca de volta, mas não fez da forma correta. O resultado foi a reprovação de Deus. Por isso, neste exato momento não dá pra dizer que Deus reprovou e nem que Ele aprovou esse evento, e assim sendo, como mineiro que sou ficarei aguardando o que acontecerá. Se é "algo novo de Deus para nossas vidas", não me preocupo em participar pois, assim como a Graça de Deus veio para aqueles que nem a esperavam, esse "algo novo" (aliás, qual é o nome?), virá a mim também, pois, esse "algo novo" não será maior do que a Graça de Deus revelada em Cristo e recebida pela fé (da qual eu já participo), e por isso tenho a garantia de não ficar de fora desse "algo novo" se ele for de Deus. Agora, se for mais uma dessas modas contemporâneas, não perderei meu tempo, e nem o meu foco.
    Pastor Olivar Alves Pereira (São José dos Campos - SP)".


    Resposta de André Valadão em 19/09/2009
    Pense o que quizer,
    Caminho sob direção de Deus e nem mesmo minha liderança reprovou o que aconteceu naquela noite. Muitos, mas muitos mesmo, centenas entregaram a vida a Cristo como seu UNICO SALVADOR E SENHOR... E outra coisa, se você deseja ficar enfiado nas 4 paredes da sua igreja e não tem coragem de entrar e alcançar novas pessoas, isso é problema seu. Pare de mandar emails, você e sua "turminha" pro meu blog achando que vão mudar minha opinião ou até mesmo balançar minhas ações no ministério.
    Sou apaixonado por Jesus e não pela religiosidade de muitos que nos impedem de sermos livres e verdadeiros evangelistas e luz neste mundo. Se te incomodo, não posso fazer nada.

    ResponderExcluir
  13. continuação do e-mail
    Fique com Deus e vá pregar na sua igreja, quem sabe algum crente que você vê todo dia vai te ouvir e aceitar a Jesus de novo de novo e de novo, ou então os 2 gatos pingados que devem converter de vez em quando na sua igreja vão te suportar e ficar por lá.... Pare de mandar comentarios ridículos no meu BLOG, inclusive saiba que este seu já esta na mão dos meus advogados e todos os outros dos fariseus espirituais da sua turma também.




    Andre Valadao.

    Resposta do Pr.Olivar em 19/09/2009

    Sabe, Pastor André, algumas coisas me chamam a atenção na sua atitude (numa coisa pelo menos concordo com você, e é quando você diz que me incomoda):
    1) Pra quem fala de (ou pelo menos demonstra com suas atitudes) ecumenismo, conversar, dialogar (coisas tão importantes para esse fim) você não gosta muito não; prefere as "vias de fato". Se o seu blog é só para elogiá-lo, então de fato minha palavra não tem lugar mesmo, pois isso só vem mostrar que você é carente de aplausos e holofotes.
    2) Uma coisa básica da vida cristã é resolver as coisas domesticamente. Mas, você já quer ir pra Justiça. Não que eu tenha medo de tribunais. Apenas um me mete medo, e é o de Deus, parente o qual o que importará não são os números ("centenas" ... ou "2 gatos pingados"), mas sim, fidelidade à Palavra, tanto na pregação quanto na vida.
    3) A aprovação da liderança nem sempre reflete a vontade de Deus, pois a liderança toda pode estar errada. Não preciso lembrá-lo dos vários casos que a Bíblia registra, pois você os conhece muito bem.
    4) Outra coisa básica da teologia, da boa teologia da qual nós somos herdeiros (eu presbiteriano, e você batista), não se "aceita a Jesus" e muito menos "de novo, de novo, de novo". Não cuspa no prato em que come, ou, não destrua a teologia da qual sua igreja é herdeira.

    Concordo com você que os meus irmãos me suportam, os irmãos se suportam, aguentam críticas e respondem a elas com amor (lá em Minas a gente chama isso de "bater na canga pro burro entender", entendeu?).
    Não se preocupe, eu não quero mudar sua opinião, isso é coisa pra quem tem poder, e esse alguém é só Jesus. O que eu quero é deixar bem claro que não falamos a mesma língua, não somos farinha do mesmo saco. Existem "evangélicos" que querem se promover a qualquer custo, e existem evangélicos que só querem viver a simplicidade do Evangelho, pregando com a vida pra 2 gatos pingados (aqui chamamos os crentes de irmãos e carinhosamente "ovelhas" do Pastor Jesus Cristo).
    Sobre o fato de você caminhar "sob a direção de Deus" eu não posso questionar, pois não conheço seu coração. Saulo caminhava crente que estava sob a direção de Deus, afinal a liderança dos judeus, os sacerdotes e outras autoridades, lhe deram carta autorizando a prisão do crentes, mas o fim da história você já conhece...
    Termino aqui com a bela poesia de Paulo Cesar, do Grupo Logos (isso é que é música, e não esse "mantra evangélico que você produz"):

    ResponderExcluir
  14. continuação do e-mail
    "Olhando grandes servos do passado
    e observando agora os nossos dias
    eu temo que tanta euforia,
    se rompa no teste do amor.

    Olhando grandes servos do passado
    e observando agora os nossos dias
    eu temo que tanta euforia
    se rompa no teste do amor.

    Até porque a alegria não é
    o indicador verdadeiro da paz.
    Há sorridentes bebendo as próprias
    lágrimas do coração.

    Olhando nossas vidas hoje em dia
    pergunto a mim mesmo até que ponto
    eu tomaria a cruz e seguiria
    aquele a quem chamo de Senhor?

    Até porque resultados não são
    o indicador verdadeiro de aprovação
    Há quem curou e o diabo expulsou
    mas Jesus nunca conheceu.

    Olhando a atitude a ser seguida
    de quem se desenrola do embaraço
    me sinto mais seguro passo a passo
    vivendo para agradar (a) Jesus

    Até porque Ele se humilhou
    e suportou a agonia da cruz
    não pra seja um artista, um destaque
    mas, simplesmente, uma luz.


    Quando você conseguir cantar uma música dessas (não somente pela técnica, mas pela verdade e porque não, qualidade!?) aí voltaremos à nossa conversa.


    Olivar

    Resposta de André Valadão em 19/09/2009

    Vai cuidar da sua vida.


    Andre Valadao.

    www.andrevaladao.com


    Última (?) resposta do Pr.Olivar em 20/09/2009

    Críticas nunca (nunca mesmo) são positivas enquanto são feitas, mas, se forem devidamente avaliados serão positivos.
    Da minha parte essa é a última vez que lhe respondo. Mas, lamento profundamente a sua incapacidade de dialogar e até mesmo de responder (você age como um menino mimado). Mas, vamos prosseguindo até que cheguemos diante do Trono (de Deus, é claro) e lá veremos as obras de cada um inclusive a sinceridade dos nossos corações.

    Olivar
    Pastor Olivar Alves
    Igreja Presbiteriana no Jardim Sul (IPJSul)
    São José dos Campos - SP
    Pastor Olivar Alves
    Igreja Presbiteriana no Jardim Sul (IPJSul)
    São José dos Campos - SP

    ResponderExcluir
  15. Não quero criar mais polêmica mais eu acho que ele não apaziguou nada, muito pelo contrário, chamou o pastor de aproveitador da fé, que pacificação é essa//////////////?????????????/ e
    prá mim essa parte do blog dele foi demais ele só faltou falar que o outro pastor não é ningué perto dele.
    Escrevo no BLOG dizendo que estou impressionado com tanto trabalho que um tal de Olivar, graduado na Universidade Presbiteriana em 2006 (menos de 3 anos de reconhecimento) tem tido em espalhar pela internet. Ele deve estar com calos nos dedos com tamanho trabalho infantil que tem tido.
    Sou técnico em processamento de dados, Pastor formado em 2 seminários teológicos com reconhecimento ministerial fora do Brasil pois servi por 3 anos em ministérios no exterior e por um deles fui consagrado ao ministério, tenho também uma graduação em Missões, vou completar agora 10 anos de ministério, escrevo isso não para me orgulhar de títulos ou reconhecimento humano, mas tenho de certa forma uma caminhada ministerial e reconheço que tenho muito, muito a crescer e mudar em minha vida.
    Estou sob a liderança do Pr. Márcio Valadão, meu pai, que pastoreia a mesma igreja (Igreja Batista da Lagoinha, hoje com mais de 40 mil membros) por 39 anos.
    Meu Deus humildade passou longe.
    Além do mais ele só gosta de elogios, tente criticar ele vcs verão se tem o comentário postado..
    Discernimento é bom e o Espírito gosta....

    ResponderExcluir
  16. Valadão: Números não dizem nada. Glória pra si mesmo pior ainda, mas Deus sabe o que á de verdadeiro no seu coração. Não estamos aqui para julgar. Se há sinceridade na adoração, ela é recebida, se não, não e ponto.Isso é entre você e Deus.

    Luciane: Anos de ministério e teologia não torna ninguém melhor nem pior do que o outro. Não se paute nisso. Cuidado com suas colocações. Olhe a situação como um todo, não apenas a parte que lhe cabe.

    Olivar: Assim como disse para o Valadão, só Deus sabe o que realmente se passa no íntimo do ser humano. Não estamos aqui para julgar. Cuidado, pois na maioria das vezes o diabo consegue abrir suas brechas através das pequenas coisas. Fale apenas uma vez, que o Espírito faça a obra. Se sua opinião for aceita ou analizada, ótimo. Se não, ore e deixe pra Deus fazer a obra. O rumo que a coisa tomou com certeza não resultou na edificação da obra de Deus.

    Marcio: Infelizmente é bem mais fácil notar o erro do outro no que o de nós mesmos. Já o vi fazendo mais ou menos o mesmo tipo de ofensa sem notar. Como disse é com pequenas coisas que o diabo abre brechas. Já o vi insultar um pastor em seu blog e fiquei muito triste. Depois que uma das pessoas que costumam acompanhas o que você escreve te atentou para isso você simplesmente respondeu "é só com ele". Você deu a coisa como simples e acertada, ao invés de refletir sobre o seu feito. Cuidado.

    Eu: não estou aqui para julgar, nem pra ser pior nem melhor que ninguém. Na verdade me sinto muito pior, por isso vivo debaixo da graça. Só a misericordia de Deus mesmo nas nossas vidas. Somos falhos, por isso tomo o cuidado de quando falar as coisas primero pra mim mesma, depois pros outros. Dou graças a Deus por nos amar assim mesmo.

    ResponderExcluir
  17. Estou aqui pensando:
    não julgueis para que não sejais julgados

    julgai os espíritos (não são demônios, mas ensinos, práticas que desacreditam o Evangelho pregado pelos apóstolos)

    com a medida que julgardes, sereis julgados

    não jogueis pérolas aos porcos (pra saber quem é porco e quem não é, preciso estabelecer juízo)

    julgai todas as coisas, retende o que é bom

    Todas estas expressões são tiradas do memso livro: A Bíblia.

    Ao que me parece não é prática do julgamento que é condenado, senão haveria contradição na inerrante Palavra de Deus, mas o juízo temerário, sem conhecimento de causa.

    Com esta de não julgar ninguém por causa de seus atos é que estamos neste caos teológico. Por isso, é que não há mais a ordenada disciplina na igreja, por isso, que qualuqer maluco sai por aí dizendo o que quer e ninguém faz nada. E quando alguém faz é chamado de fariseu, religioso e um punhado de coisas.

    É lementável que os que vão JULGAR OS ANJOS (1Co 6.1-3) não sejam capazes de julgar as práticas e se estas estão dentro dos padrões bíblicos.

    Não julgar é atitude do momento e por não julgarmos é que corremos o risco de sermos julgados.

    Minha opinião sobre o fato: o mencionado andré valadão cuspiu nos sangue dos mártires, e o que nos separa é muito maior e não permite nenhum tipo de união, afinal:
    -idolatria
    -usurpação da função do Espírito (papado)
    -justificação por obras
    -outros mediadores
    -não trindade, mas um quarteto (nada sem maria)
    -tradição + magistério + bíblia
    -acréscimos à Palavra de Deus (apocrifos)
    -superioridade do clero

    E por aí vai. Se estas práticas não são carentes de juízo, não o que mais será.

    Que Deus o Justo Juiz tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  18. Escrevi, escrevi, escrevi, mas não mencionei nenhuma passagem bíblica, das que me servi de Base para o que disse. Então, aguniada que estava, resolvi voltar e inserir os textos.

    Todo o livro de Tiago é uma chicotada nesse ponto, mas serei breve e colocarei apenas 3 versículos:

    3.17 Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.
    3.18 Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
    4.11 Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.
    4.12 Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?

    Nossa, lendo esses textos acho que nada do que foi escrito precisaria. A Palavra pura já diz tudo pra eles, pra você e principalmente pra mim, pra todos.

    ResponderExcluir
  19. kkk

    Falei q colocaria 3, coloquei 4 e na verdade queria postar 5. Então completando:

    Tg 4.16 Mas agora vos gloriais em vossas presunções; toda a glória tal como esta é maligna.

    Espero que nossos posts estejam servindo para edificação.

    Bjnhs

    ResponderExcluir
  20. Ele pediu perdão no Blog dele...
    Veja o post: http://webevangelista.blogspot.com/2009/11/andre-valadao-pede-perdao.html#uds-search-results

    Fiquem na paz!

    ResponderExcluir
  21. Olha o fuzuê que isso ta virando. Heuheuhe
    Quanta abobrinha.

    Que Ele tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  22. Peraí deixa eu orar por vcs:
    "AVE MARIA CHEIA DE GRAÇA O SENHOR É CONVOSCO BENDITA SOIS VÓS ENTRE AS MULHERES,BENDITO É O FRUTO DO VOSSO VENTRE, SANTA MARIA MAE DE DEUS ROGAIS POR ESTES PECADORES, AGORA E NA HORA DE SUAS MORTES AMEM"

    ResponderExcluir
  23. Ei Daniel Grubba, não é o Marcio, é o André...

    ResponderExcluir
  24. Uma sugestão buscando edificar a vida de todos:
    - Acessem o site www.goep.com.br
    - Cliquem em "Estudos"
    - Imprimam a apostila "A Unidade do Corpo de Cristo"
    - Assistam e acompanhem pela apostila os 6 vídeos do estudo.

    Que Deus abençoe a todos vocês.

    Paz.

    ResponderExcluir
  25. ok ok ok quem tiver menos de 20 mil na conta com um emprego honesto e não usando o nome de Deus ganhar a questão... fora isso vai trabalhar vagabundo pra bancar um boa vida no reino (não sou contra desde que trabalhe) sem ser um vendilhão da fé

    ResponderExcluir
  26. Olá amados do site, bom não sou nenhum teólogo apenas mais um leitor da bíblia que tenta entender a mensagem de Deus para as nossas vidas (apesar de ter o desejo de fazer teologia e trabalhar muito na obra) sei que o site é um meio de comunicação para nos manter atualizados sobre tudo que nos interessa, mas como leitor sinto-me no direito de pedir aos queridos para não divulgarem coisas tipo essa discursão "besta" entre essas duas bênçãos de Deus, sou batista, tenho uma visão semelhante a do Pr. André, por varias vezes fui submetido a discursões por esse minha opinião (ontem mesmo foi um dia q ocorreu isso) e com base no que Deus tem colocado no meu coração tenho a dizer que, não devo perder meu tempo discutindo sobre religião com meus irmão ou futuro irmãos (assim creio), vou expor a verdade quando tentarem enganar com outras religiões enganosas. E assim como Deus colocou no meu coração para não discutir sobre essas coisas com meus irmãos assim também quero pedir aos amados para não perderem tempo em nos passar essas informações pois a tanto a ser falado, um ex: é a vontade de Deus para as nossas vidas, a cura que ocorreu no culto de tal igreja dentre varias coisas, creio que não foi de forma maldosa mas sim informativa, mas tenho a dizer que isso não edifica de nenhuma forma o povo de Deus e se não edifica melhor que não seja exposto, peço a Deus que os amados entendam e que Ele possa por o mesmo sentimento que pôs no meu coração no de vocês.

    Alex de Oliveira Vasconcelos, Tenho 18 anos e espero trabalhar muito na vontade de Deus. 07 de Julho de 2010

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.