quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Isso é Fato. Cristianismo sem crise não existe.

Eu vivo em crise... Quando não é por uma coisa é por outra. Sou melancólico, penso demais na morte, hoje como uma benção não como uma maldição, mas não consigo digerir a falta que a falta faz, fico triste com situações pequenas e não me sensibilizo às vezes com questões maiores. Questiono coisas que ninguém questiona, falo de assuntos que ninguém comenta, escrevi dois livros, um extremamente crítico e outro em resposta a esse, sou paradoxal às vezes e ainda acho que uma tarde livre e dois amigos é o paraíso... cara eu sou uma bomba relógio!

Eu to em crise! Ouço música boa, los Hermanos, legião urbana, the doors, velvet revolver, Claudio Zoli, Crombie, VPC, João Alexandre, Expresso Luz, Asaph Borba... choro quando ouço certos hits, vibro e pulo com outros mais agitados, vejo filmes onde o mocinho se ferra e gosto desse negócio de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez, do estilo sin city, pulp fiction, vou a loucura quando lançam um filme baseado nos quadrinhos, aprecio a “musicalidade” de john Mayer, Robert Trujillo (metallica), Dave Lombardo e Tom Araya (Slayer), Juninho Afram (Oficina G3), da galera toda do Crombie (putz esses caras me pegaram), enfim, além disso tudo ainda gosto de tomar uma geladinha de vez em quando. Agora já era, porque além de tudo sou pastor, e pastor não faz essas coisas né, (ou pelo menos não assume que faz).

Eu estou falando isso aqui porque tenho fé que muitos prestarão solidariedade a esse post e se sentirão livres para escrever também sobre o tema, porém, admitindo que tenho telhado de vidro, to me preparando para trocar vários deles porque pedrada é o que não vai faltar... e daí começa outra crise! Mas tudo bem, se for pra ser a mulher adúltera da vez, sei de uma coisa, Jesus vai comprar minha briga... e aquele que não tem crises, que me atire a primeira pedra!!!!!!!

E no mais, tudo na mais santa paz!

18 comentários:

  1. Caramba...
    Acho que estou começando a criar coragem...até pra assumir as cervejinhas!
    E vc me incentiva.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Hehe...então...
    Como cantavam os "Amigos"...Hoje é sexta-feira!
    Valeu a visita
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Oi Marcio, certa vez num momentão de crise escrevi:

    SENSIBILIDADE

    Sensibilidade
    Um olhar que nos penetra a alma
    Sem utilizar os olhos
    Invade o peito, alcança as vísceras
    Como os antigos diziam: invade a vida no abdome.
    Nos apega ao outro, mais comum, ou mais íntimo
    Em sua dor, em sua brandura
    em querer estancar-lhe a dor
    Ou acender-lhe o pavio.
    Nos toca ao som de uma música
    Uma letra, uma história, uma poesia
    Nos eleva, nos aprofunda,
    nos acelera, nos acalma

    A percepção sensibilidade só tem fim quando rejeitada
    Seca, amarga, desencanta, desesperança
    Vai embora e leva consigo toda a cor
    Se nunca mais voltar apodrece a vida
    As vísceras se atrofiam, enegrecem
    Vira treva toda a luz
    Nem sei se ainda há chance de um dia ela voltar
    Limpar todo o interior da casa
    Lustrar os azulejos
    Mas da esperança quem cuida é o Vento
    O mesmo vento vento que dá vida às flores
    Que faz brotar rios transparentes do abdome do homem.
    - Vento que sopra sem cessar sobre essa terra,
    traz de volta
    Sensibilidade!

    (escrita em 1999)

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que bom que somos normais!!! Ou pelo menos parecemos, como diria o dito popular "de perto, ninguém é normal". Mas é bom saber que não estamos sozinhos nas nossas crises. Evangelho é isso. É assim que crescemos! Jesus teve os seus momentos de crise mas assim como ele, devemos ter plena convicção da nossa identidade, para saber sempre quem somos, aquem pertencemos e qual a nossa missão!

    ResponderExcluir
  5. ahauhau... conheci suas reflexões hoje, através do blog do Pava que eu tenho no meu agregador...essa sua postagem me fez ver que eu não estou sozinho nessa caminhada, pelo menos, não sozinho nos muitos desesperos existênciais que a vida impõe, que até suicídio já me fez pensar algumas muitas vezes...ainda bem que Jesus existe...e existe gente como vc...até que eu que eu queria que vc morasse por aki, queria ser convidado a tomar uma geladinha (argh! faz tempo que eu tomei isso viu... mas de vez em qdo, com amigos de verdade, deve ser legal!kkkkk)

    Vou ficar atento às suas reflexões...te adicionei no meu Bloglines.Um abraço!

    msn= sherekan_1972@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. É complicado. Sou pastor e curto Queen, Kiss (horror! horror!), System of a Down, Audioslave, Petra, Amy Grant, João Alexandre. Não gosto de breja, mas um vinhozinho cai bem. Por que o pessoal da igreja acha que temos que ouvir só breguices do naipe do Distante do Trono e Aline Berros?

    ResponderExcluir
  7. Há mais ou menos 02 anos atrás
    eu sairia da igreja, se soubesse que "O Pastor" tomasse uma geladinha mesmo que de vez em quando.Hoje eu louvo a Deus por esta relação sadia membros X pastor
    que temos, e é muito bom quando
    sabemos que o nosso pastor é também homem com crises como nós e se coloca diante de Deus e se deixa tratar como "Todos Nós".
    Amo você!Continue assim transparente, pois hoje eu entendo porque e para que Deus o colocou onde está. Você é uma Benção!

    ResponderExcluir
  8. Na verdade, estaríamos bem melhor se todos os nossos pastores entrassem em crise. Quem sabe assim, decairíam desse farisaísmo maligno que toma conta de tudo.

    Graças a Deus que você tem crise! E se considere pra lá de convidado para uma boa cerveja ou um chopp se um dia vier à Uberlândia em Minas Gerais.

    Se estivéssemos cheio de pastores gente, quem sabe nosso futuro estaria diferente.

    O que temos aí são casacas de religiosidade. Vai por mim, a maioria se escandaliza, mas aqueles que são de Jesus encontram o peito para se recostar quando encontram algum pastor que se reconhece tão pecador quanto o restante... quando encontram alguém que é normal. Como Jesus foi.

    ResponderExcluir
  9. Eu ja disse isso aqui neste blog, mas ...... puxa um pastor humano, olha que com um desses pregando aos domingos eu até me empolgo e volto a frequentar o paraíso dos cegos por opção "igreja".
    Abs

    ResponderExcluir
  10. Puxa pastor... como é bom poder ler palavras como essa... encontrei um feed... realmente um feed interessante...

    Eu não gosto de geladas mas eu tomaria com muito gosto, se o tivesse como compania... grande abraço... e a paz verdadeira de Cristo pra ti...

    ResponderExcluir
  11. De fato o Cristianismo esta em crise..e ja contaminou..esse pais...reconhecer que eh pecador..de fato eh um grande passo para salvacao..mas aonde esta a Santidade? aonde esta a busca por DEUS? aonde esta os verdadeiros adoradores..ao ver esses comentarios..fico trsite sim..assumo tb..como todos nos meros humanos e mortais...tenho crises melancolicas sim..mas nao esquecam..estamos em uma guerra..uma luta interior..sim...uma bomba relogio...agora me pergunto sera q estamos deixando o nosso inimigo fazer pokas e boas em nosso meio Cristao? eh claro q ele nem precisa detonar as outras pessoas ja estao perdidas mesmo...agora me diz...sera q realmente estamos sendo SAL E LUZ? eu digo por mim...Sera q nao estamos sendo pisoteados...e lancados fora? pq sera? Sera q nos conformamos com esse mundo?
    Creio q precisamos..ajudar uns aos outros..nao me vejam como critica...estamos aki para ajudar uns aos outros..Cristianismo puro e verdadeiro..

    Que Deus nos ajude e tende misericordia de nos..e agradeco a DEUS pelo seu infinito amor...

    abraco

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Acredito que muitos crsitãos, novos convertidos ou já "veteranos", por assim dizer, tendem a complicar muito as coisas, achando que tudo é pecado. Ao meu ver devemos é procurar ter cada vez mais maturidade e sabedoria, ler a bíblia, claro, e crescer sempre.
    Sendo assim, os prazeres da vida, os relacionados á arte e ao lazer, coisas que nos rodeiam, devemos ter discernimento para desfrutar do que é compatível com alguém que pretenda se preservar como cristão.
    Penso assim: tudo em excesso é ruim, e aquilo que vai contra os principios que conhecemos também não nos faz bem. Sendo assim, acho que beber uma cervejinha vez e outra não seria errado se a pessoa não se reunir e compactuar com escarnecedores, nem se embebedar (pois o excesso é ruim); ao se relacionar, ter em mente a seriedade disso, e ter responsabilidade como cristão (saber oq eu bíblia diz, basicamente); se for assistir a tv, é bom fugir do que for de carater idiota ou vulgar - coisas que estão cada vez mais lotando as midias em geral. Se uma música é mal intencionada, e/ou segue claramente contra o que o crsitianismo defende, não deveria ser ouvida ou apreciada - obviamente. E quanto aos filmes, isso é mais complicado - o cinema merece uma atenção maior, pois é uma arte um tanto complexa em tecnica, moral e ideologia, e deve ser analisada com cuidado e perspicácia. Existem, claro, os filmes extremistas, aqueles gratuitos e até mal intencionados - mas para indetificá-los é necessário cuidado e maturidade. Condenar um filme apenas por determinado tipo de imagem apresentado não me parece por sí só razão suficiente.
    Enfim, o negócio é ter consciencia do que se está vendo, ouvindo e desfrutando. Saber exatamente do qu se tratam as coisas.
    E apenas dar ouvidos ao que pessoas falam - seja lider, pastor, teólogo ou qualquer teórico ou pessoa culta que seja -, não é suficiente e não parece ser uma atitude inteligente, visto que seres humanos são falhos. E já que todos podem aprender e ler, que leiamos e aprendamos por conta própria e que saibamos discernir, ouvir e reter o que é bom, á luz da bíblia - que á propósito, também exige bastante cuidado e discernimento para ser compreendida.

    ResponderExcluir
  14. Quer tomar uma gelada hoje?
    Nada melhor que uma gelada para meditar sobre as nossas crises...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. E se tu quiser Marcio, eu me convido e também o Rodrigão para sermos estes dois amigos que 'perderão' uma tarde livre com a gelada, celebrando a vida diante do Criador!

    Demorô?

    ResponderExcluir
  16. Opa... convite de dois amigos pra uma tarde livre com direito a uma gelada... é vou ter que ir de ônibus!!!!!!!!!!!!!!!! #leiseca

    ResponderExcluir
  17. e eu pensando que era anormal... geladas na facul e fds continuarei... ^^

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.