terça-feira, 13 de julho de 2010

Posso tocar música secular no meu casamento?

Está aí uma pergunta recorrente no meio cristão. A resposta é, porque não? Não posso colocar uma boa música clássica no meu casamento? Não posso colocar um clássico do romantismo no meu casamento? Existem canções lindíssimas que se podem cantar num casório sem ser "evangélicas". Músicas que falam do amor entre homem e mulher de uma forma sutil e poética.

Sem contar que eu fujo das coletâneas "amo você", "Tú és a minha amada", "músicas ungidas" e todo tipo de melação gospel que as gravadoras inventam com o propósito de vender playback pros cantores comprarem e sem opção ofereçam aquelas músicas chatas pra tocar num momento tão especial da sua vida.

É claro que a cultura evangélica tem muitos hinos bonitos que valem a pena e muitos cantores relevantes, mas a maioria esmagadora é de matar. Que nós cristãos, possamos aprender a valorizar o que é bom, independente de falar o dialeto gospel ou não. Lutero, na reforma protestante lutou intensamente para trazer de volta a igreja os menestréis, sendo que o papa e os mais conservadores tentaram embargar esse projeto. Hoje, é a mesma coisa, os papas da ignorância e do farisaísmo insistem em rejeitar o que é bom em nome da falida cultura eclesiástica.

E no mais, tudo na mais santa paz!


12 comentários:

  1. olá Marcio, tudo bem?

    primeiramente quero parabenizar pelo blog...^^

    Eu estou noiva, há dois anos, e estamos com o casamento civil marcado para daqui a uma semana, ando mtoooo feliz com tudo que está acontecendo na minha vida....
    ;D
    Depois iremos fazer um culto comemorativo do nosso casamento, e eu ando bastante pensativa em que musicas e tals...
    antes de me converter, sempre tive na mente que no dia que entrasse na igreja vestida de noiva iria tocar a musica Your Song do Elton John, pois esta musica tem um significado no começo do meu namoro, e sempre marcou momentos muito especiais, eu e meu noivo diziamos que era a nossa musica! Ele é musico, e sempre tocava e cantava esta musica para mim, e meu sonho era ele cantar ela para mim no dia do casamento...

    mas depois que nos convertemos, ele começou a odiar musicas seculares, para ele foi algo que mudou totalmente, eu entendo que isto aconteceu pelo fato dele ser musico, e ter usado a musica para perdição, e agora ele quer usar esse talento que Deus lhe deu apenas para louvar e exaltar nosso SENHOR....
    Por conta disto, estou mudando os planos da musica que irei utilizar...rsrs... mas ainda não encontrei nenhuma que me marque como esta tinha me marcado... o que eu faço?

    Graça e Paz...

    ResponderExcluir
  2. Olha, sou músico há mais de 20 anos, filho de pastor e no meu casamento, na entrada da minha esposa, tocou uma música do Robin Williams interpretada por Richard Claydemann no seu piano inconfundível.

    O que acontece é que os crentes ou evangélicos, como queiram, sempre atacam a parte musical.

    O músico não pode estudar com professores seculares, não pode ouvir uma FM ou tirar músicas "mundanas".

    Mas por que as queridas e amadas irmãzinhas que nos condenam podem ver as abençoadas novelas da Globo? Por que elas podem ter a língua mais afiada que uma navalha?

    Não sei porque o calcanhar de aquiles da igreja sempre é a música. Dou GLÓRIA A DEUS por que esse tempo tem terminado mas ainda há muito para quebrar.

    ResponderExcluir
  3. No casamento de minha irmã, ocorrido na religiao de seu marido (luterana). Numa região serrana de meu estado, em meio a um frio típico da toscana (cenario perfeito), tocaram a música de renato russo (Monte castelo) interpretada pelo meu padrinho músico e cego. Me arrepiei dos pés a cabeça rs, simplesmente lindo.

    Ando contra a maré sim, mas percebo que nesse rumo, há pequenas pedras onde os misticos se agarram, e nelas está escrito, aqui assim ou assado voce pode ser mais santo.

    Opiniões são pessoais e se dividem a todo instante, é normal, mas impera no hall dos motivos intriseco a postura de crente, uma vaidade infernal de que optando contra vamos nos tornando mais proximos de Deus. Pura ilusão.


    twitter/mpcalex

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente quero dizer que não escrevi tudo isso para julgar mas somente para expressar a minha opinião sobre o assunto.

    Sou músico e exerço o meu ministério há mais de 10 anos. Sou totalmente contra o músico usar músicas mundanas(ou o eufemismo Seculares)
    como inspiração(tirar musicas, escutar, usar trechos):

    1-Ser músico é dom de Deus, isso é, PRESENTE DE DEUS. Portanto quando eu estou tocando uma música que não é para Deus estou usando o presente que Deus
    me deu para dar honra a quem não merece.(1Samuel 2:30 "...Honrarei aos que me honram...")
    Romanos 13:7 "Deem a cada um o que lhe é devido: se imposto,imposto;se tributo,tributo; se temor,temor; se HONRA,HONRA"

    Não existe meio termo ou é para Deus ou não é.

    Tiago 4.4 diz que o Espírito Santo tem FORTE CIÚMES. Por isso o meu dom é SOMENTE para Deus.

    Agora vamos ao assunto do Post. Pode escutar músicas seculares??

    Filipenses 1:20 Paulo diz que "Cristo será engrandecido em meu CORPO"

    O Corpo é composto por membros, isso é, braço, perna, nariz, vários outros e OUVIDO. Ao escutar uma música do mundo Cristo estou certo de que Deus não esta sendo engrandecido através do meu corpo.

    1 Pedro 4:11 Pedro diz ".. de forma que em TODAS as coisa Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo.." e aqui volto a bater na mesma tecla, na minha opinião quando toco
    uma música secular no meu casamento Deus não esta sendo glorificado em TODAS as coisas. O meu casamento estará dando honra ao BB King, Elton John.. etc.. Menos a Deus.

    Então é isso. Adoração, honra, louvor, culto, músicas, namoro, casamento, emprego, falar, andar, servir seja tudo isso para Glorificar a Deus.

    Repetindo isso é apenas minha opinião. Respeito as demais.

    ResponderExcluir
  5. Josué, apesar de não concordar 100% com tua opinião, respeito, aceito e mesmo sem te conhecer, te amo em Cristo Jesus!

    Concordo contigo que ser músico é dom de Deus assim como ser um Engenheiro Civil ou um Médico também o sejam. Nem por isso esse engenheiro só faz igrejas e o médico só trata crentes.

    Claro que é estranho ver um músico de igreja tocando músicas mundanas. Mas conheço vários músicos profissionais que se converteram (de verdade), produzem frutos do espírito e nem por isso deixaram suas profissões para trás.

    Eu sou músico mas para mim, particularmente, eu jamais tocaria por dinheiro num grupo que não seja evangélico. No entanto eu respeito os caras que fazem isso pois muitos ali geram mais para o reino do que outros que só ficam nas igrejas.

    Na verdade a área musical geralmente é a mais problemática da igreja pois é a que mais "atiça" o orgulho e a competição dentro do corpo e isso não é fácil. Enquanto eu toco na minha igreja, me dedico e dou meu sangue pelo ministério, posso ver nos jornais e sites seculares os escândalos entre Trazendo a Arca e Toque no Altar numa batalha judicial por músicas, nomes, dinheiro, etc.

    Isso sim pra mim tá muito fora do que Deus propôs no início, pois eles já perderam o foco que é o louvor ao Senhor e já entraram na fase de ganhar, ganhar, ganhar e ganhar ...

    Não esqueça que música bonita qualquer um faz. Se eu contratar o Roupa Nova, o Peninha ou até a Ivete Sangalo ... eles poderiam fazer uma música pra mim com trechos bíblicos que certamente seria lindíssima !!! Então não vamos atrás de coisas "lindas" aos nossos olhos e sim ver o fruto de tudo isso.

    "Meu ministério tem servido pro louvor a Deus ou para batalhas judiciais ou escândalos" ?

    Abraço a todos,

    ResponderExcluir
  6. NAO OUÇO MUSICA SECULAR,NAO GOSTO E ACHO QUE MEUS LABIOS SAO PARA LOUVAR A DEUS ELTON JONH RECENTEMENTE FALOU PUBLICAMENTE QUE JESUS ERA GAY ESTE TIPO DE PESSOA QUE DIZ ISSO DE DEUS NAO PODE TER UMA MUSICA BOA SE GIRAR AO CONTRARIO ASSIM COMO RAUL SEIXAS QUE DIZ QUE NAO E BESTA PRA TIRAR ONDA DE HEROIS E ETC

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu também concordo plenamente que a música é de Deus e deve ser para Ele, assim como tudo que fizemos em nossas vidas...

    Quando comentei que gostaria de tocar uma musica do Elton John, não é por causa do Elton John, nem sei se foi ele quem compos a musica que eu gosto, sei que foi ele quem interpretou, e eu sei sim que ele falou esta grande besteira que está escrito no comentario acima...


    Eu realmente queria tirar da minha cabeça a vontade de tocar esta musica, chamada Your Song, mas para mim ela faz parte da minha historia com meu noivo... (agora marido, casamos no civil dia 20)
    Eu me recordo dele cantando esta musica para mim, mtas e mtas vezes, e recordo de termos decidido que eu entraria na igreja com esta musica, sendo ela tocada e cantada por ele..
    Mas sei que ele (meu marido) conseguiu ter nojo, completo nojo por qualquer musica mundana, e eu até gosto disto... mas eu, não sinto a mesma coisa ainda... e acredito que não posso fingir que sinto isto se não sinto... pois, quem Tudo sabe e Tudo ver, que é SENHOR DEUS MEU, Ele sabe o que se passa no meu coração... e sinto que Ele entende o que eu sinto... sinto realmente que não estou magoando seu coração e Seu Santo Espirito que habita em mim...

    Espero que os amados irmãos entendam minha angustia, e entendam que as coisas nem sempre acoontecem da mesma forma para todos...

    Graça e Paz...

    Que Deus abençoe a todos vocês!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Sexo oral, música secular...qual é o próximo? Baseado gospel?

    ResponderExcluir
  9. Márcio de Souza10 de maio de 2011 13:23

    A chegou atrasado, esse já tem procure "maconha gospel"

    ResponderExcluir
  10. Pâmela, também andei confusa quanto a que música tocar no meu casamento, estarei recebendo todo tipo de pessoa, meu pai por exemplo gosta de beber, ainda não o ganhamos pra Jesus, mas não acho que será deixando ele como um dois de paus no casamento da sua única filha, no qual ele está pagando tudo, um bom testemunho, se ele quiser terá bebida sim, nem que seja somente para ele, pois o resto da família não bebe, uns por terem sidos transformados por Cristo, outros por não possuírem o vício mesmo, ganharei meu pai pra Cristo sendo uma boa cristã, no caso isso incluiu honrar pai e mãe, e não passando por cima de quem é o cabeça da casa, ganharei meu pai para Cristo orando e jejuando pela sua transformação, sempre de dentro para fora, mesmo assim declaro que o principal convidado é o Espírito Santo de Deus, mesmo pensando assim e Deus sabe que estou sendo sincera, existem músicas que também fizeram parte do meu relacionamento e que gostaria que tocasse.

    ResponderExcluir
  11. Na verdade até o dia de hoje estou decidida que serão tocadas.
    Tudo na minha vida acontece com a permissão de Deus, e Ele vive modificando minha vida, me levando para norte e sul quando bem quer. Cristo sabe disso! E se Ele sabe disso eu não preciso de aprovação de mais ninguém. Minhas orações tem sido para que o Senhor faça o que for da Sua vontade no meu casamento, um dia que Ele entende como o Pai perfeito que é o quanto é especial para mim, acredito que Ele não queira me ver triste nesse dia, nem meu pai aqui da terra quer (ás vezes sinto que carregamos um fardo mais pesado que devemos).
    Acredito que Deus é muito maior do que essas questões, tanto que temos dentro das nossas casas produtos corriqueiros, outros de grande utilidade que sabemos que foram consagrados ao diabo, como coca cola, vick que é um remédio muito eficaz, quem tem criança em casa sabe.. e por aí vai. Mas acredito que nada me será mortífero e que posso consagrar tudo o que me pertence ao Senhor, senão como viveríamos nesse mundo que o próprio Deus diz já pertencer ao maligno, o mundo é dele, mas o que fazemos com o que nos pertence é diferente, já vi em cultos de libertação brincos de argola endemoniados, onde o demônio se apossa para fazer mal a pessoa que o usa, então aquela mulher fará o que? Jogará o brinco fora? E se o demônio estiver no corpo dela? Nesse mesmo culto o dirigente orou e abençoou os pertences daquela mulher.
    A minha entrada na cerimônia que não será na igreja por conta da obra que esta se encontra, será a tradicional marcha nupcial, mas a saída será uma música do grupo aerosmith, grupo que eu não conheço o repertório, conheço apenas essa música porque toca no filme Armageddon com Bruce Willis, lembro de assistir esse filme diversas vezes com meu pai, meu noivo também gosta muito desse filme e também foi marcado pela música devido a quantidade de vezes que também assistiu quando mais novo, portanto faz parte das nossas vidas, mas antes de fazer o vídeo com essa música, me preocupei com a letra dela. Graças a Deus a música só fala do amor de homem e mulher e não de maneira vulgar, em alguns trechos a tradução é agradecendo a Deus por ter nos unido, (vigiando um pouco mais, eu coloquei a tradução nesse vídeo com nossas fotos). Essa música também fala do beijo no olho que eu e meu noivo sempre damos um no outro e que nos acalma tanto, então se encaixou com nossa história.
    Então se o autor da música colocou algo subliminar eu digo que para mim é perda de tempo, pois eu a ouço e a recebo como uma música de amor, que é o que ela toca!

    ResponderExcluir
  12. O mais importante é que meu coração já está aberto à mudanças.
    Não seria a primeira vez que Ele me mudaria da água para o vinho.
    Então não me assustaria se no Grande Dia a cerimônia e recepção tocar Cassiane o tempo todo! Sei que se é o que Deus quer pra mim eu me alegrarei, Ele antes mudará o desejo do meu coração.
    Mas esse é o meu relacionamento com Deus. Não costumo engolir tudo o que falam, quando tenho acesso direto ao Pai.
    Finalizando concordo com o que Amilton dos Santos Júnior disse:
    "Não esqueça que música bonita qualquer um faz. Se eu contratar o Roupa Nova, o Peninha ou até a Ivete Sangalo... eles poderiam fazer uma música pra mim com trechos bíblicos que certamente seria lindíssima !!! Então não vamos atrás de coisas "lindas" aos nossos olhos e sim ver o fruto de tudo isso."
    A árvore boa dá bons frutos, a má da maus frutos, se no meu casamento tocar amor, amizade, saudade, brincadeiras saudáveis, não sei como estarei engrandecendo ao diabo. O máximo que poderá acontecer é algum crente duvidar do meu amor em Cristo e desprendimento para fazer o Seu querer.
    Sendo assim orarei por eles, pois não fomos feitos pra julgar, não sabemos fazer isso. Mas o meu Deus será sim louvado, será sim meu 1º convidado, e eu darei graças a Ele por tudo conquistado.
    Ás vezes queremos humanizar Deus, enquadrá-lo à nossa vidinha minúscula, mas Ele é imenso, eu quase O vejo olhando para nós, hipócritas, preocupados com "A" música que tocará no nosso casamento, quando nossa TV não sai do canal da globo, enquanto mentimos para o próximo, odiamos o próximo, temos medo de falar com ousadia de Jesus, temos vergonha de dizer que Ele está voltando.
    Hoje Pâmela, eu estou mais preocupada com os sonhos que Deus me deu essa semana: "Eu pedindo perdão às pessoas que me magoaram, pessoas que eu não converso há mais de 8 anos." Já estou pondo em prática.
    De momento é o que Ele colocou no meu coração, vamos ver até outubro... faltam 6 meses ainda, muita coisa pode mudar dentro de mim. Espero que seu casamento seja da maneira que o seu coração deseja! Pois Jesus voltou com um mandamento mais difícil, dizendo que não importava mais somente o que fazemos, mas que até em pensamento pecamos. Se sente vontade mas mesmo assim está em dúvida e confusa, ore a Deus que faça a Sua vontade, pois nesse mundo louco em que vivemos essa é a oração mais sincera que podemos fazer, mas uma coisa é certa, Deus não é Deus de confusão!

    Que todos fiquem na paz que só Cristo pode nos dar. Amém?

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.